Banheira inflável para viagem


A dita cuja infladinha
Passeando pelas Lojas Americanas com o Vítor para comprar um presente para o amigo dele, achei um item muito legal para viagem: uma banheira inflável para viagem. Aviso logo que não estou ganhando nada para fazer este post, apenas dividindo com as mamães um item prático e barato. Não consegui achar o nome da empresa na caixa, apenas o selo do INMETRO com as especificações e dizendo que é importado da China (novidade! kkkk). Mas da última vez que vi, custava R$ 19,90.

Eu sempre levei piscina inflável para dar banho no Vítor e nas primeiras viagens da Alice levei também. Mas é muito rasinho, pra mim fica "faltando" água. Então resolvi testar. Aí vão as minhas opiniões:

Fundo fofinho aprovado
Pontos positivos:

- Obviamente é inflável, o que torna fácil de acomodar na mala;

- É mais fundinho do que uma piscina inflável, mais parecido com uma banheira de verdade;

- Tem formato de bicho (a minha é um golfinho) o que atrai as crianças. Alice amou puxar a cabeça dele..rs

- Tem uma válvula no fundo para esvaziar, o que facilita um bocado, coisa que na piscina inflável não tem. Aí não faz aquela molhaceira no final;

- O fundo é inflável separadamente, então fica fofinho e isola o frio do chão;

- Tem uma ventosa na parte traseira, dá pra pendurar na parede do banheiro.

O marcador termostático
Pontos negativos

- Dá uma canseira pra encher, afinal é maior do que a piscininha;

- Tem um suposto marcador termostático no fundo, que deveria avisar quando a água está quente. Mas qualquer água morninha faz o troço mudar de cor. Então só serve pra mostrar se a água tá fria... kkkk

- Pra esvaziar (de ar) é outra novela...




Bem, entre os pontos positivos e negativos, achei que valeu a pena. Gostei e vou levar sempre.

Alice também aprovou! :)

5 comentários:

Vanessa e Enzo disse...

Mais uma dica legal! Vou procurar! =) Cada dia adorando mais o teu blog! Amiga talentosíssima

Tuka Siqueira disse...

Isso faz me lembrar da primeira vez que viajei com a Yasmin, minha mais velha que tá com 14 anos. Ela tinha 9 dias qdo fui à Porto Alegre passar uma temporada com minha mãe. Lervei a casa toda junto. Inclusive a banheira!!! Lotei o bagageiro do ônibus e depois o carro do pai pra ir da rodoviária pra casa. Um horror!!!

Fran* disse...

que dica legal, obrigada!!!!
beijos!

1001roteirinhos disse...

Adorei isso! O meu agora já tá grandinho, 4 anos, mas com certeza é uma mão na roda: ocupa pouco espaço na bagagem e tem um preço super acessível. Ótima dica!

Bjs, ELiane

Marusia disse...

OI, Tatiana,
meu caçula já tá "hominho", senão eu testava! Usei as piscininhas. Encher realmente cansa, e esvaziar também, boa lembrança! Lembro de uma vez a gente correndo para arrumar tudo e deixar o quarto do hotel ao meio-dia, e então deparar com a piscina ainda cheia de ar!
Beijos,
Marusia

Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires