Enterro de 2010

Eu nunca gostei de retrospectivas. Mas 2010 foi um ano tão difícil, tão doloroso pra mim, que eu preciso colocá-lo pra fora antes de enterrá-lo de vez. Acho que faz parte de um processo meu, um processo profundo de transformação interna pelo qual estou passando. E para isso, preciso visualizar as coisas, para poder dar um fim adequado a elas.

Em 2010 nós vimos o sonho do nosso apartamento próprio ir pelo ralo. Chorei litros por não saber com quem minhas crianças iriam ficar, lutei pra conseguir que a creche aceitasse o Vítor no período contrário ao da escola dele, rodei 50 km todos os dias na hora do almoço pra amamentar Alice. Depois, tive a ingrata experiência de ver meu pequeno bebê de 5 meses ser internado com pneumonia. Passei uma semana num hospital público por conta de uma carência que a Golden Cross tirou de dentro da cartola, com letras miúdas. E Vítor super doente também, eu sem poder cuidar do meu menino, foi doloroso demais.

Em 2010, depois de passar essa semana no hospital, fui sumariamente demitida do local onde eu trabalhava há 4 anos. Vítor passou o ano inteiro me dando trabalho e mais trabalho com seu comportamento na escola. E Alice não dormiu uma noite inteira nem uma vez, com seus dentes nascendo um atrás do outro.

Em 2010 meu casamento andou na corda bamba o tempo todo e várias vezes eu achei que não teria mais volta. Sem eu ter conseguido outro emprego, nossas contas se acumularam de forma absurda, de um jeito que eu nem gosto de pensar, porque o que não tem remédio, remediado está.

Em 2010 passamos por muitos problemas difíceis, com a família do Gustavo dando trabalho (pra variar), com meus familiares passando por dificuldades, perdi um tio muito querido que não vai ver o neto nascer no mês que vem, vi uma colega querida batalhar pela saúde do filho e vi Deus levar seu bebê para junto Dele.

Enfim, eu só sobrevivi a 2010 por causa dos meus filhos. Eu passei todas as madrugadas em claro com a Alice, por amor aquela menina linda e gostosa, sapeca e inteligente. E levantei todos os dias de manhã, após uma ou duas horas de sono, por amor ao Vítor, por aquele menino inteligentíssimo, sagaz e engraçado. Para que eu pudesse levá-lo à escola e aproveitar aqueles momentos maravilhosos só nossos, de satisfazer a curiosidade infinita dele e dar boas risadas. Por esses meninos eu vou até a China a pé e volto, porque eles é que enchem minha vida de amor e alegria. Porque cada sorriso, cada aprendizado, cada passo dado é que me fazem viver e superar tudo o que for.

E os momentos bons de 2010 serviram para me alegrar e fazer o tempo passar logo. Pois em 2010 eu voltei ao escotismo, eu fui para o Rio encontrar amigas muito queridas, eu tive a possibilidade de fazer muitas e muitas novas amizades. Em 2010 eu consegui fazer algumas viagens para curtir com meus amores, eu pude fazer uma festa de aniversário para os meus filhos e tive o prazer de ter meu pai comigo no meu aniversário.

Eu também preciso agradecer a algumas pessoas, que me sustentaram em 2010. Vou pular os agradecimentos à minha mãe, meu pai,  minha irmã e meu marido, primeiro porque eles sabem o quanto eu os amo e agradeço por existirem na minha vida. E segundo porque eles não lêem o blog mesmo...rs

Aninha Medeiros, Flavinha, Vanessa Ardisson, Letícia Sallorenzo, Marla Gass, Calu, Margaret e Evinha: nada do que eu diga será suficiente para demonstrar a gratidão que eu tenho por tudo o que vocês fizeram por mim. Se eu tive forças para carregar o meu fardo, foi porque muitas vezes vocês me ouviram (leram) e aguentaram meu chororô e minhas reclamações. Muito obrigada por tudo. De verdade.

Dinda-amiga-irmã Márcia Moema. Eu gostaria de poder demonstrar um centésimo do amor que eu sinto por você e sua família. Sei que sou enrolada, que quase não telefono e as vezes sumo, mas você é importantissima para nossas vidas. Prometo que em 2011 vou tentar retribuir mais todos os gestos de carinho que você tem para conosco e principalmente para as crianças. Muito obrigada por tudo.

E aos leitores do blog, muito obrigada por participarem, deixarem recados, seguirem e divulgarem tudo o que escrevo aqui. O carinho que sinto qdo vejo que o blog foi acessado, que recebi comentários, tudo isso é indescritível. Nunca me sinto escrevendo para o nada, sempre sei que terei o retorno de vocês e que são amigos. Isso é maravilhoso e confortador!

E pronto, estou enterrando 2010. Na semana que vem darei as boas vindas à 2011. Feliz ano novo a todos!!

16 comentários:

Eu e MEUS 3 AMORes disse...

Fiquei comovida com suas dificuldades e com sua sinceridade! Por isso, mesmo não te conhecendo, desejo de coração que este ano que segue seja não apenas bom para você e sim um ano de muitas realizações e harmonia,amor e fé! Parabéns pela garra, saúde pros filhos ...bjsss

Vanessa Ardisson disse...

E eu começo o ano assim, com os olhos cheio de lágrimas - de felicidade - pelo seu agradecimento. E queria dizer q sua amizade é um presente pra mim. O que dizer dos meus momentos de fúria só amenizados pq vc me escutou. O que falar do blog? Uma delícia de cantinho que só foi possível pq vc me incluiu nessa blogosfera? Aí amiga, só mesmo EU TE AMO pra tentar demonstrar o que vai no meu coração! De verdade! És exemplo, uma irmã que eu fico do lado de cá, torcendo para que TUDO dê certo!

Mulher e Mãe disse...

O que falar pra você, minha amiga tão querida? Que me fez dar risada quando quase morri de culpa, que me deu apoio no Natal mais difícil que já passei, que comprou minhas brigas, mesmo que fossem bobas....
Sinto que nossa amizade é tão forte e real, que é como se te conhecesse há anos.
Queria que você pudesse se enxergar através dos meus olhos e ver a fortaleza que você é, sem perder a doçura, a ternura, o carinho e a atenção.
Não tenho palavras para dizer quanto admiro você e quanto sua amizade é preciosa para mim.
Obrigada por tudo, vamos enterrar tudo de ruim que aconteceu em 2010, celebrar as coisas boas que aconteceram! E para mim, você é sem dúvida uma delas!
Amo você, amiga!
E quando precisar de força, estamos aqui!!!!
Beijos. E que venha 2011 e tudo de bom que ele vai trazer. Você vai ver só!

Fernanda Reali disse...

Credo, Thaty, quanta trabalheira, quana angústia! Parabéns or superar tudo!

Meu ano difícil assim foi 2004, quando Guga nasceu cheio de problemas respiratórios e Helena tinha só uma no e meio. Muita noite em claro, muita emergência pediátrica e muitos gastos. Te entendo perfeitamente.

Desejo que 2011 seja leve e cheio de saúde na tua casa!

Um beijooooooo

Fernanda Reali disse...

Saiu errada a frase: Quando Guga nasceu e ficou doente, Helena tinha só um ano e meio.

Ah, vou te esperar na blogagem coeltiva das unhas azuis!!!

Kelly Resende disse...

Sempre acompanho seu blog e gosto muito. Mto legal isso de vc exorcisar seus problemas, que 2011 seja cheio de coisas boas e te traga só felicidade.
Beijos

Paula Dini disse...

Thaty querida, vc mora em Bsb não é? Vizinha!!!
Entrei nesse mundo dos blogs a pouco tempo e ja estou te seguindo. Saiba que Deus não faz nada à toa. Tudo que aconteceu com vc foi para seu crescimento. Adorei seu post. Agradeça mesmo. Agradeça sempre!
Se precisar de um help é só gritar. Estou aqui do seu lado e terei o maior prazer em ajudar.
Um beijão e um 2011 com muita saúde!!!!

Andréa Peixoto disse...

Querida Thaty,

É, realmente esse ano não foi fácil. Mas é necessário antes lutarmos para que possamos dar valor às conquistas e a todos aqueles que de alguma maneira serviram como muletas, nos apoiando de um jeito ou de outro.

Um ano acabou e começou outro sem que tivéssemos tempo para respirar...

Parabéns pela sua garra e coragem. Que Deus os abençoe ainda mais em 2011. Saúde e paz! Um beijo enorme no seu coração.

Silvia Azevedo disse...

Thaty, depois de ler seu post me resta apenas colocá-la em minhas orações e desejar a você e sua família um novo ano literalmente renovado, diferente, cheio de tranquilidade e muita saúde.
Sinceramente, peço a Deus para que olhe por vocês e derrame Sua misericórdia e sua graça a todo momento, e que Maria, nossa Mãe, cubra ser lar com seu manto de amor e interceda sempre por vocês!
Um grande beijo no coração da recente leitora/seguidora!
Silvia Azevedo

Kariny disse...

oi querida gostei do blog, estou entrando agora nesse mundo, rs.. nossa me arrepiei lendo o seu post, quanta luta esse ano hein, dá vontade de enterrar mesmo! mas tenho certeza q seus pequenos tem te dado força, e tenha certeza q Deus é maior q tudo isso.. feliz 2011!

Flavinha disse...

Não agradeça Sis... Estamos juntas nesta jornada LOUCA que é a nossa vida! E o que seria de nós sem podermos ajudar umas as outras? Não somos nada sem amigos de verdade, e você pra mim é mais que isso, é a minha SIS... Amo vc e seus Pequenos como a irmã e os sobrinhos que não tenho, e para o que precisarem, estou AQUI!!! Bj enorme pra vcs e que em 2011 continuemos a caminhar lado a lado!!!

Andréa Peixoto disse...

Sabe minha amiga, hoje cedo fui à missa e pensei muito em você... pensei no que escreveu aqui no seu blog... O padre usou muito bem a palavra... Ele contou uma historinha e depois nos colocou nela... muitos de nós muitas vezes olhamos pela janela num dia chuvoso (como esses que tem feito por aqui) e vimos apenas lama e coisas ruins, mas se olhássemos um pouquinho para cima e víssemos as estrelas além do céu escuro, viríamos a luz da esperança... e sabe minha amiga, a esperança está nos nossos filhos... é por eles mesmo que temos de acreditar que podemos mais todo dia, ainda que o dia seja infinitamente difícil. Não sei se você é católica... mas hoje, rezei por você e por sua família... Um beijo!

Tah disse...

Taty q ano hein...mas esta enterrado

2011 será um ano de muitas vitórias pra vc e tua familia, e 2010 será akela tia chata q foi deixada pra traz para n ficarmos lembrando.

Amada, muita força e pode contar comigo, no que puder estarei aqui pra ajudar.

Bj bem grande

Márcia Moema disse...

Querida amiga e afilhada Thaty: Vou repetir exatamente o que você me falou... "Eu gostaria de poder demonstrar um centésimo do amor que eu sinto por você e sua família. Sei que sou enrolada, que quase não telefono e as vezes sumo, mas você é importantissima para nossas vidas. Prometo que em 2011 vou tentar retribuir mais todos os gestos de carinho que você tem para conosco. Muito obrigada por tudo"... amo muito vocês. Beijos e muito obrigada por tudo!

Marla Gass disse...

Ai, amiga, chorei, chorei!!!
Não sei se tu sabe o quanto eu te adoro, mas é muitããão! Tu me inspira, amiga. Por ser uma pessoa íntegra, um ótima jornalista, uma mãe incansável - e imperfeita -, uma esposa esforçada e uma criatura bem humorada, apesar dos perrengues.
Conta SEMPRE comigo. Mesmo. Pra te ouvir, pra rir, pra reclamar, pra chorar, pra ficar fula. Sempre. Amo tu. E o Vitor. E a Alice - ela q não se ofenda, mas é q "conheço" o Vitor há mais tempo! hehehe
Beijocas

Pri Tescaro disse...

Thaty, você conseguiu ser sincera, terna e forte em um único texto. A Calu escreveu uma frase que eu sempre uso para pessoas queridas: "Você tem que se enxergar com os meus olhos para ver a verdadeira Thaty".
Sabe, apesar de pouco comentar aqui, te leio sempre e acompanhei teus agruros em 2010. Mas torci. À distância, sem muito me intrometer, pois não tinha muito a oferecer, mas torcendo para que você enfrentasse as barreiras e superasse as dificuldades.
E você superou. E você ultrapassou. E você sobreviveu.
E tenho certeza que 2011 vai sorrir pra você, assim como o Vitor e a Alice sorriem pra você todos os dias.

Mesmo longe, tô aqui, se precisar!

Beijos e feliz 2011.
Com carinho,
Pri

Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires