Dieta coletiva - post 5



Os dias estão passando tão rápido que eu nem consigo acompanhar direito! Como assim estou entrando na minha 5a semana de dieta?? Tá bom, vamos lá à atualização semanal.

Esta semana foi um desastre total. Passei a semana em São Paulo a trabalho, não dava pra carregar todas as minhas tralhas da dieta. Eu levei algumas coisas, meu adoçante, minhas barras de cereais com sucralose e tal... mesmo assim, foi punk. No primeiro hotel que eu fiquei não tinha leite desnatado, nem pão integral. No segundo até tinha, mas em nenhum dos dois tinha academia, o que levou por água abaixo a minha decisão de me exercitar por lá.

O lanche da manhã nem foi tão desastroso assim: eu tinha minhas barras de cereal. Faltou uma frutinha, lá era difícil de comprar, mas nem fez tanta falta assim. O almoço também foi muito bom, era feito na própria empresa, comida bem caseira, com muita salada. Me fiz.

Daí pra frente, ladeira abaixo. Lanche da tarde? Quando eu não esquecia, era só uma barra de cereais e pronto. Janta? Completamente fora do horário, quando eu ia comer já estava varada de fome e pegava o que vinha pela frente. Tive que comer coisas com açúcar, porque as vezes era comer isso ou nada. E claro que, depois de semanas sem comer açúcar, este fermentava no meu estômago me dando um belo mal estar. Eu sei que não vai ser sempre assim, quando eu for morar lá o ritmo vai ser diferente, mas mesmo assim fiquei preocupada.

Nem me pesei ainda. Cheguei ontem de viagem, nem desfiz as malas, não tive tempo de ir na minha balança escolhida. E confesso que estou com medo de fazer isso... hehehehe Essa semana meu objetivo é voltar pra linha já!!!

E vocês, como foi a semana? Tiveram alguma dificuldade?

Enfim, as novidades

Os dias estão passando como um raio. Quando eu penso: vou escrever no meu blog, eu me lembro que é dia de postar na Mulher & Mãe, aí penso: ah, eu posto lá amanhã. E quando eu vejo, os dias passaram como um raio novamente e... adivinha?? Pois é... kkkk

Enfim, estou em São Paulo desde terça à tarde, fazendo um treinamento. Já estou morrendo de saudade das crianças, mas sobre isso vocês podem ler lá no outro blog, onde estou falando sobre isso e sobre a minha ausência de culpa... heheheh Aqui eu vou contar as novidades.

Não é segredo que 2010 foi uma porcaria pra mim e minha família. Claro que aconteceram coisas boas e tal, mas aconteceram muitas coisas ruins e muitas coisas difíceis. Não vou falar sobre isso novamente, não é o objetivo do post de hoje. Hoje eu vim contar notícias boas.

Meu marido já tinha recebido uma proposta profissional em São Paulo, para ganhar bem mais do que ganha atualmente. Mas não tinha considerado, pois não pretendiamos morar em São Paulo. Talvez, se fosse uma cidade menor, mais tranquila... Acontece que a situação estava realmente preta e começamos a pensar diferente. Do jeito que estávamos não dava mais pra ficar. Estávamos afundando cada vez mais e sem perspectiva de voltar à superfície! Começamos então a considerar a possibilidade, eu aceitaria ficar em casa e cuidar das crianças. Não era o que eu gostaria pra mim, pra minha vida. Mas eu faria isso se necessário, com amor e por amor à minha família. E aí veio o convite para trabalhar na Rede Mulher & Mãe caso eu me mudasse para SP. Não podia ter sinal maior sobre qual o caminho a seguir.

Então a situação é a seguinte: estamos dando uma super guinada na vida. Agora é o momento de batalhar e irmos atrás do que queremos e precisamos para a nossa vida. Somos jovens, temos pique e nossos filhos ainda não possuem raízes profundas em local nenhum. São Paulo é uma cidade cheia de oportunidades, que nos proporcionará um crescimento maravilhoso. Daqui a alguns (ou muitos) anos talvez a gente possa escolher outro local para morar, uma cidadezinha do interior na beira da praia e tal. Mas agora, nesse momento, precisamos priorizar a nossa subsistência, nosso crescimento profissional. E se é em São Paulo que ele está, é para lá que vamos. E vamos sorrindo.

Se estou com medo? Sim, estou morrendo de medo, porque é uma mudança radical. Mas ao mesmo tempo estou feliz, porque estou trabalhando em algo que gosto muito, assim como o Gustavo. E estamos fazendo tudo com muito planejamento, não estamos fazendo nada nas coxas, na louca. Isso nos dá uma segurança muito grande.

É isso. Boas noticias e novos horizontes. E eu digo novamente: seja bem vindo, 2011!

Dieta coletiva - post 4

 


E começa a nossa quarta semana de dieta. Nas 3 semanas anteriores tive, em cada uma delas, uma dificuldade diferente. Na primeira foi cortar o açúcar. Na segunda, me adaptar com a redução da quantidade de comida. E nessa, os exercicios. E essa foi a única semana em que não emagreci nada. Mas também não engordei.

Eu sempre soube que meu problema não é alimentação. Eu não como nada de tão demais assim. Não sou muito fã de doces, o que facilita um bocado cortar o açúcar. Meu problema em cortar o açúcar são as coisas prontas e práticas que povoam minha vida, como um achocolatado do tipo Ovomaltine, que não existe em versão diet e bolos, que nem adianta fazer diet aqui que só eu como, o resto estraga. Também não gosto de chocolate. Posso comer um quadradinho da barrinha e ficar satisfeita, mais 6 meses sem comer dele novamente. Durante a semana não tomo refrigerante, não como besteiras como hambúrguer (não me venha com Mc Donald´s, odeio) e pizza, essas coisas deixamos para o fim de semana, até mesmo pras crianças saberem bem a diferença entre comida saudável e aquelas gostosas e não saudáveis que a gente pode comer de vez em quando.

Cerveja ou vinho? Também só no final de semana, em doses pequenas. Não que eu não goste, mas nem tenho mais o mesmo pique de antigamente, fico logo com sono. Então, como consequência natural, os petiscos que acompanham também ficam de fora, não é? Sucos aqui em casa são naturais, nada de caixinha ou em pó. Só no fim de semana (again), porque aí também temos o direito a um pouco de praticidade, né? De vez em quanto também não mata. Não gosto de biscoitos doces, muito menos os recheados. Se depender de mim eles entram em extinção. Adoro frutas, de muitos tipos. Lancho um cacho de uvas e uma barrinha de cereais com a maior tranquilidade.

Enfim, o que eu acho que falta(va) na minha alimentação são as folhagens, aquelas que não fazem muito a minha cabeça. Mas até elas eu já incorporei, ando comendo meio pé de alface por almoço. E com duas colheres de aveia (além de outras coisinhas, como cenoura crua e legumes cozidos) por cima, pra dar mais saciedade e fazer o intestino funcionar bem.

E sabe do que eu sinto falta? Milk Shake. Eu adoro aquele de Ovolmaltine, do Bob´s. Só de pensar minha boca enche de água! rs Mas já comprei um sorvete zero pra fazer aqui em casa. Não vai ficar igualzinho, mas vai dar pra quebrar um galho. E bolo. Esse bolo caseiro, fofinho, que eu facilmente vou ali na padaria e compro. Sim, eu posso fazer em casa, mas como disse ali em cima, sobra aqui em casa. Estou apanhando pra fazer um de caneca, assim posso comer feliz da vida, só pra mim.

Essa semana eu tenho um novo desafio: amanhã vou para São Paulo a trabalho e passo a semana inteira lá. Pela primeira vez em muito tempo, não vou saber com antecedência o que vou comer, não vou ter ao meu dispor minhas coisinhas práticas com sucralose e minhas frutinhas. Claro que não sou boba e já estou levando uma caixinha de sachês de sucralose, porque sei que não é muito fácil achar em restaurantes. E minhas barrinhas de cereais também. Aliás... pausa

Por que diabos é tão difícil achar barra de cereais diet?? Eu comprei uma caixa grande da Trio, de Morango com Iogurte. Levei uns 2 ou 3 meses pra acabar com ela, aí fui comprar outra e adivinha?? Só tem esse sabor. Depois de meses comendo o mesmo sabor, até parece que vou comprar o mesmo!! Sorte que achei no WalMart as barrinhas de cereais da Linea, com sucralose.

Despausa... Eu bem que gostaria de levar minha lata de leite desnatado também, mas aí já é um pouco demais. Essa semana vou ter que abrir algumas exceções, não tem jeito. E rezar pra ter academia no hotel, quem sabe dormindo a noite inteira eu tenho mais ânimo pra me exercitar?

E vocês, seguiram a dieta direitinho??

Eu, a sumida

A semana passou e eu só fiz post fake. Mas é que agora, com o trabalho, as coisas estão mais corridas. Eu tenho um monte de idéias de coisas pra postar, mas como a prioridade é pra lá, eu acabo escrevendo lá e deixando aqui em segundo plano.

Ontem era dia da blogagem coletiva do esmalte. Eu pintei as unhas de rosa, fiz uma "arte" no anelar e tal. Mas quem disse que tirei foto? E ainda passei a tarde no salão (coisa que faço uma vez na vida e outra na morte) e no supermercado, então essa semana a blogagem coletiva vai passar batida.

Sem contar que terça-feira viajo para São Paulo e passo praticamente uma semana lá. Então tem mala pra arrumar, roupas pra lavar e tal, toda uma preparação. Sem contar com a saudade antecipada que eu já estou sentindo das crianças, nunca passei tanto tempo assim longe delas. Vítor já começou a resmungar, que eu vou viajar no dia em que ele vai pro boliche com a Colônia de Férias (Oi? Quem vai é ele ou eu?). Mas já conversamos e ele deu uma diminuida no dengo...rs

Amanhã é dia de post meu na Mulher & Mãe, mas é dia de blogagem coletiva da dieta também, então podem contar que vou estar por aqui. E durante a semana eu prometo que apareço pra, finalmente, contar as novidades.

Hospedagem amiga da criança (e da mamãe)

Eu ia fazer este post aqui. Mas lá eu consegui reunir muito mais dicas, o que fez com que ficasse muito melhor e mais útil. Então se você quer viajar com seus filhos e não sabe onde ficar e se as crianças vão gostar, corre e vai ler o post que fiz hoje lá no Mulher & Mãe. Aposto que suas dúvidas vão acabar!!

Alice e o jacaré

Já teve vídeo do Vítor, agora é a vez da Alice.  Nesse ela está com o amado jacaré (lelé) que ela ganhou de Natal da minha irmã:

Dieta coletiva - post 3

Vítor tirou essa foto e vou guardar pra comparar depois :-)
Essa semana foi diferente. Consegui um novo emprego, estou me adaptando aos horários e ao fato de estar traballhando em casa. Pode parecer bom, mas é preciso um bocado de auto controle para não ficar um bocadinho mais na cama, não sair do quarto para resolver um problema das crianças e outras coisas do tipo. Essa parte até que foi fácil, tirando o fato de que ainda não tinha arrumado um cantinho apropriado para trabalhar e fiquei a semana inteira digitando sentada em uma cama, com o notebook no colo (quer dizer, eu tenho uma mesinha para usar o notebook no colo).

A parte dificil foi fazer os exercícios. No primeiro dia eu até saí e fiz por 30 minutos, mas estava uma neblina tão forte, com chuvisco, desisti no meio da caminhada e voltei. No dia seguinte o tempo estava igual. Nos demais eu simplesmente não consegui acordar a tempo. Esse negócio de virar a noite caminhando entre o meu quarto e o da Alice, levantar de manhã e trabalhar o dia todinho é complicado. Mas ela está dormindo melhor esses dias e eu estou começando a pegar o jeito da coisa. Então esta semana vou me programar para fazer meus exercícios logo cedo, antes de começar o trabalho, ou de noite, nos dias em que o Gustavo não for dar aulas na faculdade - o que está mais fácil agora, que só está tendo vestibular uma vez por semana.

A alimentação foi a melhor parte. Tenho consumido muito mais saladas, verduras e legumes do que antes. Reduzi minha quantidade de comida pela metade e quase metade foi substituida por salada. Antigamente todos nós só comiamos arroz integral, mas os tempos de vaca magra vieram e precisamos voltar para o arroz normal. Então comprei um saquinho de arroz integral só pra mim. Quando as coisas normalizarem, volto a comprar para todos nós. Enfim, o arroz integral é mais saudável e dá maior sensação de saciedade, o que ajuda um bocado. Assim como as duas colheres de aveia que tenho acrescentado ao meu almoço.

Tive alguns deslizes. Pequenos, mas tive. Na sexta, fomos levar meu marido à rodoviária. Alimentei as crianças, arrumei, me arrumei e saímos. Iriamos lanchar lá, mas tinha trânsito, chuva... enfim, chegamos muito em cima da hora e não deu. Na volta, passei na casa da minha mãe e ela começou a preparar um lanche, mas eu já estava F-A-M-I-N-T-A. Então mandei minha restrição ao açúcar às favas e comi duas fatias de um bolo de fubá. Sem peso nenhum na consciência...rs E no domingo foi aniversário do Vítor. Comi poucos salgadinhos, praticamente compensou o que eu não comi no almoço (estava com preguiça de fazer comida só pra mim, comi uma sopinha bem leve). Mas comi dois cajuzinhos e quebrei novamente a restrição ao açúcar. Mas considerando que só tive esses dois deslizes em 7 dias, acho que estou bem.

O resultado de tudo isso é que emagreci mais um quilo. E isso está me deixando muito feliz. Estou conseguindo alcançar minhas metas, sem muito sacrifício ou privações. O que mais importante para mim é isso. Não acredito em resultados milagrosos, em perder os 25 kg excedentes em 2, 3 meses. E também não quero viver uma vida de privações, sempre me sentindo culpada no dia em que fugir da dieta. Então acho que este caminho que estou seguindo está bom demais

E vocês que também estão fazendo a dieta, como foi a semana de vocês?

Mais do meu aniversariante lindo

Pra finalizar o dia do aniversário do meu lindo, aí vai um vídeo, feito logo depois que ele ganhou a amada bicicleta de Natal. Ele está se despedindo das rodinhas, logo logo elas ficarão para trás!

Feliz Aniversário, meu filho!!


Há 7 anos, numa manhã extremamente chuvosa, nasceu su serzinho lindo que mudou a minha vida. Naquele dia, morreu a mulher que eu era e nasceu uma outra Tatiana, uma muito melhor e muito mais feliz. A partir daquele dia eu passei a perceber que tudo o que eu considerava como alegria, amor e conquista não chegavam nem perto da realidade. Naquele dia eu ganhei um companheiro de verdade. E, apesar de ser mãe solteira, eu me vi casada de verdade. Porque não há compromisso maior do que o de uma mãe para com um filho.

Durante esses 7 anos eu amadureci mais do que em toda a minha vida. Aprendi milhares de coisas e ainda assim continuo a me sentir uma iniciante. E descobri que filho é que nem vídeo game: quando você finalmente passa uma fase, vem outra ainda mais difícil. Mas que fases maravilhosas, cada uma delas. Tanto é que, assim que pude, embarquei novamente nessa viagem, não é?

O Vítor me encanta cada vez mais com sua inteligência, curiosidade e sagacidade. E com a chegada da Alice, ele tem se mostrado um bom irmão, além de ter desenvolvido sua sociabilidade. A Alice fez com que o Vítor curtisse mais uas coisas de criança que ele não curtia antes, como cama elástica e escorregador inflável. Ou seja, enriqueceu ainda mais sua vida. E a minha também, claro!! Ainda levo fé que ela vai ensiná-lo a comer de tudo também! hehehehe

Ele também trouxe alegria a uma família inteira, que há muitos anos não sabia o que era ter uma criança. Minha mãe e meu pai são loucos pelo Vítor e podem até esquecer de mim, mas nunca dele! kkkk Minha irmã, madrinha do Vítor, nem se fala. Vive fazendo todas as vontades daquela criaturinha!! E como ele encanta a todos com suas pérolas!

Vítor, você foi um presente maravilhoso que Deus me deu. Um bem muito precioso que me foi confiado, a maior e melhor missão da minha vida. Tudo com você foi e é tão bom que aceitei essa missão novamente, com a sua irmã. Obrigada por me transformar numa pessoa melhor, por me amar tanto e por permitir que eu te ame tanto. Feliz aniversário de 7 anos!!!


Novamente fora da blogagem coletiva - esmaltes azuis

Essa semana a blogagem coletiva da Fernanda Reali é com esmaltes pretos. Eu já achei que ficou horrível o esmalte azul escuro, imagina se eu colocasse preto! rsrs E também eu nem tenho preto aqui, não ia comprar pra usar uma vez só, não é? Uma vez só e ainda por cima odiar...hehehe

Então eu fiz o que não tive tempo de fazer na semana passada: pintei com os outros dois esmaltes azuis que eu tinha aqui em casa. O primeiro foi o Azul Celeste (única camada), da Colorama, carinhosamente chamado pelo meu marido de "azul Capitão América". Gostei, mas confesso que esperava muito mais dele. Sei lá, uma embalagem tão bonita e essa chamada "Ùnica Camada", não sei porque, mas achei que ele seria o bam bam bam dos esmaltes! kkkk

Minhas unhas de Capitão América.
Depois pintei com o Azul Atena, da Color Blend (Avon). Se a gente considerar que agora, enquanto eu escrevia este post, tive curiosidade e fui olhar a data de validade e ele está vencido há 2 anos, até acho que ele tem muitos pontos.

Meu querido esmalte vencido...hehehe
Enfim, testei tudo o que eu queria, agora vou partir pra blogagem coletiva de semana que vem: tons de rosa. Se essa blogagem tivesse acontecido antes da Alice nascer, nunca que eu iria querer participar. Agora que essa menina mudou meu gosto por cores, eu tenho uns 3 ou 4 esmaltes em tons de rosa aqui em casa. Viu, as coisas mudam? :-)

E os bons ventos começam a soprar

Eu não disse que eu ia enterrar 2010? E não dei boas vindas à 2011? Pois é, as coisas já começaram a melhorar e novos ventos começaram a soprar. Muita novidade vêm por aí, eu vou contar aos pouquinhos. Mas a primeira é a seguinte: estou empregada novamente.

E não, não é somente um emprego. Um emprego qualquer. É o emprego que eu sempre quis, onde eu posso aliar o que eu SEI fazer ao que eu GOSTO de fazer. Onde eu trabalho com pessoas que possuem a mesma visão de vida que eu tenho, que compartilham os mesmos interesses e ideais.



É com muito prazer que anuncio que agora faço parte da Rede Mulher & Mãe. Ainda não conhece? Então corre lá e veja:

O blog: http://redemulheremae.blogspot.com/

A rede social (é, uma rede social só para mulheres!!!): http://www.mulheremae.com.br/

O twitter: @redemulheremae

Aguardem que, em breve voltarei com mais boas notícias! E obrigada por todo o apoio que vocês sempre me deram. Isso foi e é muito importante para mim!

Dieta coletiva - post 2


Bem, a semana passada foi um teste, o começo. Porque eu tinha tudo na mente, de como queria fazer. Bastava saber se realmente ia dar certo, não é?

E deu. Consegui diminuir a quantidade que eu como no almoço, consegui acrescentar as duas colheres de aveia, consegui cortar o açúcar quase que completamente (só na segunda que comi um pedacinho de pavê e no domingo, que comi um pedacinho de doce), consegui fazer os exercícios. Na pesagem semanal (ontem), o bom resultado: emagreci 1 kg.

Mas ainda estou adaptando as coisas. Semana passada choveu demais e eu só consegui fazer exercícios duas vezes na semana. Eu quero fazer, no mínimo, 3 vezes. Um dia caminhada de 4 km, outro dia 40 min de academia (ao ar livre, daquelas estilo Terceira Idade).

Já na alimentação, esta semana teremos mais verduras, legumes e frutas. Passei no supermercado e fiz a festa. Até Alice e Vítor estão entrando na onda e tomando muitos sucos gostosos, como banana com pêra ou laranja, cenoura e iogurte.

Ainda estou tentando marcar endocrinologista. Os que eu liguei só têm consulta em março. Eu nem sei onde eu vou estar em março, quero consulta é agora, eu hein!

E vocês?? Como estão?

Blogagem coletiva - esmaltes azuis

A cor da blogagem coletiva desta semana é o azul. Pintei com o Jeans, da Colorama. Mas confesso que não gostei, muito escuro, sei lá. Eu tirar e passar um outro azul que eu tenho, mais claro, mas não deu tempo. fica pra próxima.

Aceito dicas de como limpar melhor os cantos. Quando é esmalte escuro eu peno!!
Pra eu não ficar muito decepcionada, passei o meu amado Carícia, da Impala, por cima. E ficou assim (muito melhor):

O chocolate lá atrás é só figuração, por causa do dourado. Eu nem gosto de chocolate (verdade). E tô de dieta, né?

Quer ver as unhas das outras participantes?  Vai lá no blog da Fernanda Reali!!

E semana que vem a cor é preto. Acho que vou sofrer ainda mais!! kkkkk

Atualizando sobre meus amores


Faz tempo que eu não falo desses dois pés de pimenta malagueta que eu tenho aqui em casa, né? Cada dia mais inteligentes, me surpreendo muito com eles. E bem humorados, se não estão sorrindo estão fazendo alguma coisa engraçada para que os outros riam.

Alice não falava nada além de mamãe. Era mamãe pra tudo. Aí fez um ano e tomou a pílula do doutor Caramujo, aquela mesma que fez a Emília falar sem parar, destampando a torneira de asneirinhas. Ela começou muito timidamente, passando a falar papai para tudo o que aparecesse na frente. Inclusive o Lobo Mau, o que gerou a seguinte resposta minha: "Não é o papai. É peludo do mesmo jeito, mas não é o papai". Nem preciso dizer que o Gu não achou graça nenhuma, né? Todo o resto da família rolou de rir! kkkkk

E agora ela fala um bocado. Ou tenta. Vovô é Uouô, Vovó é Vavá. Tem o auau, o atinho (gatinho), o papa (pato) e o Ù (Urso... da Casa Azul). Ela também sabe dizer quando quer papá ou mamá, quando "bô" ou quando quer "mai". A sapeca sabe cantar "nananana nenenenem papai" e dança que é uma beleza. O irmão é "imãe", a tia Manú (babá) é Mamamu ou Tete (Titia). A tia Paula, que é dinda do irmão, acabou virando "didi" também. E também por influência do irmão, a bola é "goooooooooooooool". Ah, o jacaré de pelúcia é Lelé, o telefone é Ain (Alô) e não pode passar um carro na rua que ela logo diz: taaaaaaaau. Sim, ela também não pode ver nenhuma criança, que logo GRITA: NENÉM!!!! Não posso esquecer que ela também fala "bapo" (barco)!!

Já o Vítor está cada dia mais inteligente. Eu fico impressionada como ele tem o raciocínio rápido. Quando quer, né? Quando não quer, consegue se fazer passar por uma porta, impressionante. kkkkkkk Mas na maior parte do tempo ele não consegue esconder que é muito sabido. Só pra dar um exemplo: eu nunca cantei nana neném pra nenhum dos meus filhos, acho essa música um terrorismo com as crianças. Mas o Gu cantou pra Alice e sabe-se lá porque, ela aprendeu. Um dia o Vítor tá lá, ajudando a Alice a cantar. Vira pra mim e diz: "Essa música é um belo jeito de dizer pra criança: se vira. Como assim todos os responsáveis sairam?". Claro que eu rolei de rir, né?

E quando fomos assistir Megamente e ele soltou: "Já estou gostando, essa música aí é do ACDC". Que bom que ele me informou, porque eu nunca iria reconhecer. Noutro dia, Alice veio e colocou o chinelo sujo em cima dele, falando "papa"(to). E ele pra ela: obrigado, você é muito gentil! rsrs E também sabe todas as regras de futebol, hoje falou que o juiz errou feio porque depois de apitar falta ele só pode recomeçar o jogo com a bola sei-lá-onde e blá blá blá...rs

Enfim, o sabido já assistiu todos os filmes do Harry Potter (com exceção do que está no cinema), está lendo o primeiro livro da saga, já viu Guerra nas Estrelas e revê diariamente o box que eu dei pra ele de Liga da Justiça. Sabe tudo sobre os personagens, diz que queria estudar em Hogwarts e fez hoje dois braceletes como os da Mulher Maravilha - pra se defender dos ataques, além de arrumar um anel, que infelizmente não é verde (Lanterna Verde), mas faz de conta que é. Anda pela casa usando roupas sociais que não servem mais, fingindo que é deputado, a gravata é o lenço escoteiro. Ou um dos milhões de uniformes de futebol, dos mais variados times. Ou ainda a roupa do Hot Wheels que Papai Noel trouxe para combinar com a bicicleta. E agora vai aprender a andar sem rodinhas, além de estar se especializando em dar palpites nas cores que uso pra pintar minhas unhas. Na verdade, ele dá palpite EM TUDO, né?
Dificil saber quem teve a "brilhante" idéia primeiro.
E nesse meio tempo eu fico olhando pra esses dois, me perguntando cadê aqueles bebezicos que estavam aqui agora mesmo!!

Olá 2011!

Eu ando cheia de paradigmas. Não gosto de retrospectivas, mas fiz uma para enterrar 2010. E não gosto de promessas de ano novo, mas tô aqui, pronta para listar algumas coisas que vou fazer em 2011. Mas como eu disse, tudo isso faz parte do meu profundo processo de transformação interna. Então vamos lá, em 2011...

- Não vou permitir mais na minha vida (nem mesmo na virtual):

Gente barraqueira;
Gente sem educação;
Gente que acha que pode entrar na sua casa e sair abrindo tudo, entrando em tudo, mexendo em tudo e ainda ficar criticando;
Gente que acha que pode falar o que quiser pra você e ficar tudo bem depois;
Gente que acha que é dono da verdade universal e não respeita o que os outros pensam;
Gente que não tem humildade, sabe que errou, mas morre antes de vir pedir desculpas.

- Não vou me esforçar tanto para me sentir parte de um grupo

Se um grupo de pessoas é "como uma família" e eu fico me sentindo excluída dentro dela algo está muito errado. E eu não vou mais ficar sendo solícita, tentando ajudar, e oferecendo ajuda e coisa e tal. Sei que eles estão juntos e se conhecem há muitos anos, mas acredito que não há necessidade de serem tão fechados, de criarem barreiras intransponíveis, ainda mais quando tanto reclamam que precisam de ajuda, de novas pessoas para ter sangue novo. Passei por um ano difícil, senti muita falta de ser "acolhida" por esse grupo. Em 2011 isso vai mudar. Se não faço parte da "família", tudo bem. Há outras "famílias" que estão precisando de ajuda e podem me "acolher", porque efetivamente são meus amigos e gostam de mim. Não posso fazer com que ninguém goste de mim, isso é de cada pessoa. Então o que eu tenho que fazer é ficar perto das que gostam de mim, não é verdade? E se eu sei que posso ajudar, que tenho algo a oferecer a este grupo, aí é que a coisa toda fica totalmente sem sentido mesmo.

- Vou emagrecer

Em 2005, um ano depois de ter o Vítor.

Por diversos motivos. Primeiro porque não quero prejudicar minha saúde, o que eu sei que mais cedo ou mais tarde acontecerá. Segundo porque já não me reconheço nas fotos, aquela que aparece ali não sou eu. E, assim como eu fiz antes do meu casamento, vou pegar firme agora. Como eu não sou do tipo que faz dieta todas as semanas e abandona logo a seguir, sei que vou conseguir. Não tenho pretenções de emagrecer da noite para o dia. Como bem diz minha nutricionista, eu levei anos para chegar no peso que estou agora, então não vai ser em poucos meses que vou perder tudo de novo. Sem contar que não sou mais tão jovem como antes, meu metabolismo é outro e eu tenho dois filhos pra criar, não tenho tempo de ficar o dia todo me dedicando a isso.

- Vou ter mais paciência

Eu sou muito estourada. Quando me aborreço, sai de baixo. Acho que o problema é que eu vou engolindo, engolindo, engolindo... aí quando a coisa explode, vai de uma vez só, sem que eu possa controlar. Então este ano vou tentar ser mais moderada, falar logo quando a coisa está me incomodando mas não a ponto de me irritar demais. Nada de engolir pequenos sapos, mas regurgitá-los com calma e educação.

- Vou me preparar para quebrar alguns paradigmas em relação à vida profissional x vida de mãe

Está bem difícil conseguir um novo emprego pra mim, onde eu ganhe o necessário para continuarmos pagando as contas como faziamos. E trabalhar o dia todo pra ganhar menos do que pagamos pra babá é dureza. Então estou me preparando para, se necessário, quebrar meus paradigmas e considerar o fato de que pode ser melhor eu ficar em casa com as crianças. Mesmo que para isso seja preciso que mudemos de cidade, o que é bem provável que aconteça este ano.

- Vou me dedicar mais a dois projetos importantes para mim

Tem dois projetos aos quais eu quero me dedicar mais a este ano. Os dois são sem fins lucrativos, mas um deles pode até me render alguma coisa, caso eu realmente não consiga um novo emprego. Esse é o blog. Vou fazer algumas modificações, me dedicar mais às postagens, trazer pessoas para participações especiais, fazer isso aqui mais informativo. Acho que vocês vão gostar. O segundo é o escotismo. Esse ano quero voltar a ser chefe, me dedicar mais ao Movimento, seja aqui em Brasília ou em outra cidade.

Enfim, é isso. Claro que tem muito mais coisas, mas o objetivo aqui não é ficar enchendo o saco de vocês, não é verdade? Então vamos lá, Feliz 2011 para todos e vamos que vamos!!!

De fora da blogagem coletiva

A blogagem coletiva desta semana seria de esmaltes brancos e/ou prata. Eu queria fazer um mesclado dos dois, pra passar a noite do ano novo. Mas a tonta aqui deixou pra pintar no próprio dia 31/12, em meio à todas as preparações da casa e de comidas para a ceia. Adivinha? Ficou uma caca. Descobri que o esmalte branco que eu tenho é muito ruim - ou está velho, sei lá (Pétala Branca - Colorama). Só sei que, na última hora, catei um esmalte amarelo que eu tinha comprado e passei, na correria.

Acho que foi a unha mas mal feita que fiz na vida. Paciência.
Na verdade eu pensei em duas coisas: a primeira é que o amarelo que eu usei, Cajá Manga, da Impala, é clarinho. Ou seja, se eu não pintasse direito (o que realmente não fiz) daria pra disfarçar. Em segundo lugar, pensei que dizem que amarelo é a cor que atrai dinheiro e bem que eu estou precisando de um dinheirinho. Tá, eu vou pular o parte que eu não acredito em simpatias, maus olhados e assemelhados do tipo. Mas como dizem, "no creo em brujas, pero que las hay, las hay". Então, não faz mal nenhum tentar, né? :-)

Enfim, o que eu estava pensando, que eu poderia não pintar direito ou estragar... bem, aconteceu os dois. Eu pintei correndo, passei o spray secante, mas tive que ir correndo ao forno pra tirar o lombo que eu estava assando e, claro, coloquei aquela maravilhosa luva isolante e estragadora de esmaltes. Só estragou um dedo e, mesmo assim, deu pra minimizar os estragos. Pra disfarçar, passei o Carícia, também da Impala, por cima e ficou bem bonitinho.


No fim das contas, não é que eu gostei do resultado e agora estou aqui namorando as minhas unhas?? hehehe

Novo Layout


Finalmente, ele saiu. Faz mais de uma semana que eu estou nessa "luta". Primeiro porque eu queria algo moderno, mas "fofo" (vamos combinar que isso é bem complicado). E confesso que não consegui exatamente o que eu queria neste quesito não, mas foi o mais perto que eu consegui chegar. Segundo porque eu não faço o "esqueleto" do blog, a parte de html. Eu customizo um que já esteja pronto, muitas vezes do próprio Blogger. Mas como o meu blog já têm uma estrutura que eu gosto, cada vez que eu testava um novo modelo e bagunçava tudo, eu já descartava logo.

Depois que achei o que eu queria, veio a coincidência de ser com cores que eu gosto. Então só precisava customizar as imagens e o nome do blog. E isso é muito mais complicado do que parece. Porque eu sou chata, a "bonequinha" que vai me representar tem que parecer comigo (pelo menos de longe, né? rs), os que vão representar meus filhos têm que ter alguma coisa a ver e por aí vai. Eu procurei um por um, inclusive os que representam os meus "pensamentos" lá em cima. Muitos eu fiz montagens pra ficar exatamente do jeito que eu queria. E confesso que me diverti colocando o símbolo do escotismo na minha camiseta...rs

Também achei legal os links logo abaixo das imagens, pra assuntos específicos, como dicas de viagens, esmaltes (que ainda não tem muita coisa, mas vai ter, vai por mim), dieta e fotos. Assim vai ficar muito mais fácil para os leitores acharem o que procuram.

Bem, espero que vocês gostem. Eu ainda estou me acostumando, é completamente diferente de tudo que eu já imaginei pra um blog meu. Mas achei que ficou bem bonito! :-)

Dieta - Primeiro dia


Bem, o tão esperado dia chegou. Hoje é o primeiro dia da minha dieta. E também da nossa dieta coletiva, não é twitmães?

Ontem fomos ao supermercado, fizemos compras do mês. Então aproveitei para comprar uns itens necessários pra mim:

Lembrando que não estou ganhando nada para mostrar/avaliar os produtos!
Vamos começar da esquerda para a direita, tá?

Lembram que eu disse nesse post aqui que eu gosto bastante da linha Línea, mas que nem sempre acho os produtos dela por aqui? Pois é, ontem no Extra não tinha nadica de nada da Línea. Já estava me vendo indo ao Carrefour depois de já ter andado o Extra inteiro, quando olhei bem e vi que a Gold lançou uma linha de adoçantes de sucralose também. Então comprei o líquido e o em pó/sachês. Depois eu digo o que eu achei, mas dei uma comparada nos ingredientes dos dois e não achei grandes diferenças, só a tal da "maltodextrina", que vou pesquisar melhor pra saber o que é. O preço também estava um ou dois reais mais barato do que eu costumo pagar nos da Línea (paguei R$ 6,39 nos da Gold e pago entre 7 e 8 nos da Línea).

Logo depois está o chá de Hibiscus da Bioslim, que por sinal eu não comprei ontem. É que no outro post eu falei dele, mas não achei a imagem pra postar, então juntei aos produtos novos. Particularmente, eu acho caro, paguei R$ 23,85 nesse potinho aí. Mas como eu não tomo muito, dura bastante por aqui. Mesmo assim, acho que não vou poder comprar outro tão cedo quando esse aí acabar, não estou com dinheiro sobrando assim. Vou ver se acho de novo as flores secas pra eu mesma fazer o chá. Apesar de que gosto desse aí porque me dá uma sensação de saciedade. Vamos ver.

As gelatinas comprei pra fazer, colocar na geladeira em potinhos pequenos, pra comer quando eu estiver com vontade de um docinho. Primeiro eu tinha encontrado só as da Royal, por R$ 2,05.  Mas aí virei o corredor e achei o "ninho" de coisas lights/diets do supermercado. E achei essa da Doce Menor, por R$ 1,55. Só que acho que eu não fui a única a fazer a troca e só tinha dois sabores. Então trouxe assim mesmo, duas da Royal e duas da Doce Menor. A primeira usa ciclamato de sódio, aspartame, sacarina sódica e acesulfame de potássio. A segunda, aspartame e acesulfame de potássio. Se alguém souber onde encontrar gelatinas com sucralose aqui em Brasília por preços aceitáveis, agradeço a dica.
O leite em pó desnatado da Itambé também vai ser um teste. Até hoje só tomei Molico. Mas esse custa R$ 3 a menos do que o outro, então resolvi dar uma chance a ele (R$ 7,29). Também preciso confessar uma coisa: adorei a lata. E não sei se vocês sabem, mas eu guardo todas as latas da casa. Os enfeites de mesa do aniversário das crianças eu fiz com as latas de Nan que Alice tomou, juntamente com as de Nescau da casa da minha dinda Márcia. Então esse leite me ganhou, né? rsrs

O capuccino diet da 3 Corações eu encontrei já no caixa, estava naquelas gôndolas que eles colocam especialmente para nos seduzir. Como é difícil achar capuccino diet e eu quero mesmo cortar o açúcar ( do jeito que fiz na época em que eu tive resistência à insulina), já joguei logo no carrinho. Custou R$ 5,99.

O biscoito da Bauducco eu também nunca provei, vai ser outro teste. É que as vezes eu preciso comer alguma coisa salgada, senão passo mal. Aí abro o armário e só tem um monte de biscoito doce, das crianças e do Gustavo. Abro a geladeira e minha melhor opção é comer uma azeitona ou morder uma cenoura...hehehehe Então vamos lá, vamos testar você também, amigo. Custou R$ 2,09.


E, para finalizar, minhas sopinhas. Eu gostava de tomar a Vono. Um dia, sei lá porque, comprei a Quick e gostei também. Elas tem rigorosamente a mesma quantidade. Mas no Extra a Quick tava mais barata e oferecia mais sabores, então foi ela mesmo que eu catei. Por R$ 1,39 cada.

Aliás, vou abrir um parênteses aqui pra contar uma coisa engraçada que aconteceu. Alice me viu pegar o pacotinho da sopa e começou a resmungar e apontar. Entreguei pra ela, pensei que quisesse brincar. Ela pegou e me devolveu, apontando pro pacote. Não entendi e entreguei de novo pra ela, que me devolveu de novo, reclamando no dialeto tribal africano que ela adora usar. Aí entendi: ela queria que eu abrisse pra ela. Morri de rir, porque ela tava achando que era uma barrinha de cereais!! Eu morrendo de rir e a menina morrendo de chorar, inconformada porque eu não abri pra ela, né? rs Resolvi a situação pegando e dando a ela um dos biscoitos que sempre trago na bolsa, dentro de um potinho.

E aproveitando o parênteses, vocês viram que linda a  minha caneca do blog? Sou suspeita pra dizer, porque amo! Encomendei lá na La Pomme, da minha amiga Evinha. E estou pensando em fazer uma especial pra minha dieta, pra tomar os chás e sopas. Mas dessa vez vou fazer uma cônica! :-)

Bem, falei um bocado. Mas é isso, bom início de dieta para todas nós!!!
Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires