E vida vai entrando nos eixos

Agora, três semanas depois da mudança, é que a vida está começando a entrar nos eixos. As crianças já estão na escola e começaram na van escolar. Eu comecei a vir a pé para o trabalho e testando o melhor caminho. Minha mãe voltou para casa e eu estou começando a dar conta de casa, trabalho e filhos sozinha, sem a super ajuda dela. Ainda estamos sem internet e telefone, mas já tenho um celular pré-pago com DDD 011.

Mas entrar na rotina é algo que leva tempo mesmo, ainda mais numa mudança desse porte, né? Sem contar que ainda não consegui encontrar com todo mundo que eu queria encontrar, ou pelo menos não com o tempo que eu precisaria para abraçar muito e botar as novidades em dia. Estou bem perto das amigas, mas ainda não conseguimos nos ver de verdade! Algumas já consegui e tem sido bom demais! Elas nos dão dicas maravilhosas e só tenho a agradecer a elas por toda a gentileza e amizade.

O trabalho está cada dia melhor, realmente nasci pra trabalhar aqui. Cada dia temos mais coisas para fazer e isso me consome o dia todinho, mas sou muito feliz por isso, faço com todo o prazer do mundo! Tanto que tenho deixado esse blog aqui meio de lado, porque nem sempre dou conta de tudo. Mas agora, com as coisas voltando à normalidade, vou poder voltar a postar com regularidade. E a ler os posts das amigas também, né? Faz tempo que não sei o que é fazer isso como fazia antes, estou morrendo de saudades.

As crianças tiveram uns revertérios, Alice pegou uma gripe forte e Vítor teve um mal estar digestivo, mas os dois já estão ótimos e aprontando todas. Os dois estão gostando muito daqui, Vítor está amando a nova escola e fazendo mil planos, quer fazer milhões de atividades, como se meu dinheiro permitisse e ele tivesse esse tempo/pique todo. Alice anda pela casa toda, canta, dança, volta da escola toda alegre e sorridente. Até canta "pal pal pal (palma) pé pé pé ro ro ro (roda) é!!!", que acredito que aprendeu na creche, pq não fui eu quem ensinou. Por conta da gripe da Alice ela não foi conosco ao Circo da Turma da Mônica, mas o Vítor foi e voltamos com fotos dele com Mauricio de Sousa e Luana Piovani. (fotos que ficam pra um próximo post, ou esse aqui não vai ser publicado nunca)

Vocês acreditam que no terreno vizinho à minha casa tem um galinheiro?? Com um galo que canta de madrugada e acorda a Alice? Gente, no meio de São Paulo a pessoa cria galinhas, inacreditável! kkkk Mas tudo foi resolvido maravilhosamente bem, Gustavo comentou no salão sobre o galo, o cara do salão era irmão do dono do galo, que resolveu despachar o bichinho pra casa do filho e ir incomodar outros vizinhos...hehehe Estávamos na janela quando ele se mudou e eu disse pra Alice: cocó tá indo embora. E ela: taaaaaaaauuuuu! Só faltou falar: vai com Deus! kkkk Ninguém merece, as vezes eu acordava de madrugada com o canto do galo, mas ouvindo pela babá eletrônica!!! E a noite em que Alice acordou por causa do bicho, ele cantava e ela dizia: cocó! Ainda bem que acabou, viu?

Das coisas que eu sinto falta de Brasília? Primeiro o trânsito. Aqui é tudo caótico, como em qualquer boa cidade não planejada, né? Minha rua é um caos, uma avenida que, se alguém tivesse juízo, colocaria como mão única. Pra entrar na garagem eu tenho que parar do outro lado da rua, sair correndo, abrir o portão, voltar correndo, esperar uma pausa no trânsito e entrar. Meu objeto de desejo agora é um portão eletrônico. E um GPS tb, porque me perdi um bocado nos primeiros dias por aqui. Aliás, ei você que criou Google Maps para celular, um beijo, tá? Te amo pra sempre! 

E ainda falando das coisas que fazem falta (além dos amigos, esses eu nem preciso comentar, né?), pra quem morava em condomínio fechado e cair numa avenida movimentada como essa, sinto falta do silêncio e de conseguir ouvir minha televisão. Mas nem tenho muito do que reclamar, porque nos fins de semana a rua fica menos movimentada, coisa que em muitas outras ruas por aqui não acontece. De resto, por enquanto, tô amando morar aqui!

Prometo que já já volto a deixar esse blog bem ativo, com dicas de livros, viagens e tudo mais!!!

9 comentários:

Kelly Resende disse...

Que legal, Thaty, o importante é que vcs foram com o coração aberto para a nova experiencia. Boa sorte pra vcs aí e um abraço aqui do quadradinho.

Elaina disse...

Que bom que está gostando daqui!

São Paulo é bem agitada sim, mas tb muito legal!

E que bo que o galo foi embora. Onde moro tem MUITOS cachorros, e qdo um late parece que estão conversando, um horror! Mas eu não tenho muito que fazer senão tentar ignorá-los…

E qto ao GPS, se vc tem iPhone compra o Sygic que é mutio bom aqui na cidade.

Bjs

Elaina
http://www.vidademae.net/

Lu disse...

Oi Thaty
ontem mesmo estava pensando em você. Até dei uma xeretada no blog para ver se vc não tinha atualizado alguma coisa e eu estava perdida.

São Paulo é tudo isso que vc descreveu mesmo. Mas é tudo adaptação, ou não, hehe.

Mas o melhor foi saber que vc está bem no trabalho, feliz e que as crianças estão se adaptando. Adorei o tauuuu da Alice. Fiquei imaginando a cena.

Um beijo bem grande. Se cuida e manda noticias.

Lu

Fanny Barbosa disse...

o Importante é q tá tudo dando certo no final!
Estou torcendo por sua felicidade e da sua família.

Rosi disse...

Olá

Moro em Sampa e imagino como deve estar sendo seu período de adaptação. Com certeza vc se acostumará logo, logo.

Na casa da minha sogra tem um galo nos fundos da casa do vizinho que atormenta todo mundo. O bicho é totalmente desregulado e canta na hora que bem entende. Como ele fica nos fundos e o quarto do meu cunhado é próximo, apelidamos o cômodo como "o quarto do pânico" pq dormir alí é um estresse só, rsssssss.

Um forte abraço

Ana Amaral, do http://madevenus.blogspot.com disse...

até que vocês se adaptaram rápido. ainda bem que as crianças estão curtindo. acho que a maior preocupação é sempre essa, né?

a música do palma palma palma deve estar na moda nas escolas, é a preferida da Maria Beatriz...

um beijo

Diana disse...

Que bom que vc esta trabalhando no que vc gosta e esta se adaptando ao ritmo de SP.
Com certeza não deve ter sido fácil fazer essa mudança, mas se a mudança vem para melhor, é sempre bem-vinda!
Muitas felicidades!

Tathy disse...

Ri alto da Alice acordando com o galo e falando cocó! Lembrei dela no shopping domingo vendo a GP pelo vidro e falando: cocó! hahaha
Bem-vinda amiga, a essa cidade caótica!! Mas, sabe que eu não acho a zona norte tão caótica, tem um quê de interior, vide seu vizinho com um galinheiro! hahaha
Enfim, que bom que as crianças se adaptaram (eles sempre nos surpreendem né?!) e que você e Gustavo também estejam se adaptando e a vida entrando nos eixos!
Beijos

Márcia disse...

Querida Thaty, é muito bom saber que tudo está correndo bem, que esta midança foi para melhor! Sinto muitas saudades de todos vocês. Que Deus continue os abençoando. Beijinhos da sua Dinda

Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires