Passeio com crianças - Forte São José, Museu da República e Casa de Rui Barbosa

Hoje a nossa convidada especial para falar de passeios com crianças é a Chris, do Inventando com a Mamãe. Ela vai dar algumas dicas muito legais de passeios no Rio de Janeiro, confiram:

O Rio é uma cidade com muitas opções de lazer ao ar livre que possibilitam contato com a natureza e alguma atividade física (caminhada, bicicleta, patins, skate, etc). Esse tipo de passeio é o preferido de muitos cariocas. Eu gosto de aliar esses paseios saúde com passeios cultural. E temos ótimas opções para conciliar natureza, atividade física e museu.
 
Um passeio bem legal que fizemos foi a visita ao Forte São José na Urca com direito a caminhada até a Fortaleza de São João. No Forte São José observamos um visual incrível do Pão de Açúcar, caminhamos pelas praias, as crianças correm a vontade no espaço, obeservam as pistas esportivas e construções e conhecem a Praça da Fundação da Cidade onde o piso geométrico em pedra portuguesa faz o desenho da Cruz de Malta. 
 
 






A caminhada até a Fortaleza São José é acompanhada por um guia. O caminho percorrido fica à beira da Baía da Guanabara, com um visual lindíssimo. A chegada na Fortaleza de São José já impressiona, caminhar pelo seu redor  já compensa a caminhada. A visita ao Museu Histórico da Fortaleza de São João faz o diferencial do passeio.No retorno, vale uma para em um dos quiosques da praia para as crianças se refrescarem com um sorvete e correrem pelas areias.
 
O passeio é gratuito e deve ser agendado previamente pelo telefone As visitas podem ser agendadas pelo telefone  2586-2291 de Segunda à Quinta, das 10h às 16h ou pelo e-mail sitiohistorico.fsj@gmail.com.
A caminhada tem algumas subidas e o ideal é fazer esse programa em um dia que não esteja muito quente.
 
Outra ótima opção que une natureza, brincadeira e cultura é o Museu da República. Nós gostamos muito de desfrutar momentos agradáveis no Jardim do do Palácio que já foi sede do Governo Federal. As crianças se divertem na gruta, passeiam pelas alamedas arborizadas, alimentam os patos, peixes e tartarugas (vale levar um pãozinho para essa finalidade) e brincam no parquinho. Depois de muita brincadeira vale uma visita ao Museu e ver os móveis e objetos da época e conhecer um pouco da história do nosso país. Tem uma cafeteria com opções de sorteves, bolos e cafezinho muito gostosos para um lanche com as crianças.
 

 
 
O passeio pelo Jardim do Museu e o acesso ao parquinho é gratuito e se localiza na Rua do Catete 153. Tem uma estação do metrô bem na frenteda entrada do Palácio. É um passeio que pode ser feito frequentemente. O ideal é chegar cedo, principalmente nos finais de semana pois o parquinho fica repleto de crianças. Outros detalhes podem ser obtidos no site (http://www.museudarepublica.org.br/principal2.html).
 
A Casa de Rui Barbosa  é outro local que une jardim e museu. O jardim é muito frequentado por crianças pequenas que brincam na areia, observam os peixes nos lagos, correm, sobem as escadarias da faixada do casarão. A visita à parte interna do casarão permite entrar em contato com o mobiliário da época, ver o acervo de livros do Rui Barbosa, suas roupas (a Ana Luiza e a Sofia sempre se impressionam com o tamanho do Rui Barbosa, ele era muito pequeno, dá para ver pelas roupas dele). Outro detalhe que chama a atenção delas é a localização e conforto do quarto das crianças. Este ficava localizado perto da área de serviço da casa, junto a cozinha. O quarto das crianças era um único, simples e longe dos quartos do pais, que são vários e suntuosos. Com isso conversamos sobre como as crianças atualmente são levadas em consideração e respeitadas pelos pais.  A Fundação Casa de Rui Barbosa também dispõe de uma biblioteca infantil onde as crianças podem brincar e curtir uma boa leitura. 






A Fundadação Casa de Rui Barbosa se localiza na Rua São Clemente,134. Bem pertinho do Metrô. O acesso ao Jardim é gratuito e a visitação ao casarão é baratíssima. Maiores informações podem ser vistas no site: http://www.casaruibarbosa.gov.br/ Tem também um portal exclusivo para as crianças, aqui está o link http://www.casaruibarbosa.gov.br/
 
No blog da Pritt, tem uma matéria que aborda o tema : Museus para Crianças: a melhor forma de aprender. http://www.pritt.com.br/blog/2011/04/museus-para-criancas-a-melhor-forma-de-aprender/ 
 
Esses passeios são ótimas oportunidades para estimular o interesse por visitar os Museus.

Dica de Passeio com Crianças - Fazendinhas em São Paulo

Olá! Hoje é dia de mais uma dica de passeio. E nossa convidada especial desta quarta é a Barbara Saleh, do blog Uma Mãe das Arábias, mamãe do lindo Kassem. As dicas são em São Paulo.



Gostei muito da iniciativa da Tati de mostrar os vários passeios dentro da cidade de São Paulo. Muitas vezes ficamos presos aos shoppings, parques de diversão fechados, etc. Comecei a procurar passeios alternativos pro Kassem, meu filho de 1 ano e 10 meses.  Aproveitamos que ele ama cavalos e começamos a pesquisar locais em que ele pudesse passar o dia vendo os animais, natureza e se sentisse mais livre.

Encontramos algumas mini fazendas bem próxima a São Paulo e a seguir colocarei as nossa opinião sobre cada uma. Espero que aproveitem muito esse tipo de passeio com as crianças. Agradeço a Tati pelo convite e deixo aqui meu abraço e beijos a todos!

A primeira que visitamos foi o Bicho Mania, logo após o Pet Zoo e por ultimo a Cia dos Bichos.
Posso dizer que amamos todos, agora vamos aos pontos de cada um.

Vou começar pelo Bicho Mania.
  • Um super espaço para você soltar seu filho e liberar todo tipo de brincadeira e sujeira.
  • Aconchegante para festas de aniversario, os adultos ficam super a vontade, estao sempre sendo servidos por pão caseiro, chá e café de fogão a lenha.
  • Comida caseira, feita no fogão a lenha, uma variedade incrível, tudo muito caprichado e pensado no adulto e nas crianças.
  • Variedade de animais, todos bem cuidados.
  • Passeio de charrete, ordenha da vaca, tirolesa para as crianças na faixa etária de 4 a 12 anos. Eles amam.
  • Atividades extras, tais como: culinária caipira onde as crianças fazem o pão que será servido no café da tarde
  • Para quem tem crianças maiores de 3 anos, não vi problema algum. Mas para quem tem os menores de 3, o local possui muitos morros, subidas e descidas, o que não é muito agradável de se fazer com um bebê de colo.
O próximo foi o Pet Zoo:
  • O espaço é menor, mas não possui subidas e descidas de grande porte. Ideal para crianças menores de 3 anos, eles conseguem se locomover bem por lá, sem precisar ficar no colo o dia todo.
  • Você pode entrar em algumas baias de animais: na toca do coelho, no lago dos patos. Tendo a preocupação de não estressa-los.
  • Os pequenos podem se esbaldar com os passeios de charretes e a cavalo.
  • Além dos animais existe um brinquedão de madeira, onde os pais podem escalar com os filhos menores.
  • Você recebe na entrada um pacotinho de ração para alimentar os animais, cada um deles, come na mão do visitante.
  • O almoço também é muito bom. Comida caseira e que facilmente podemos dar as crianças.
  • Bastante arborizado, o que num dia de muito sol, deixa o dia mais agradável.
  • O restaurante é pequeno, a fila para a comida é enorme.
  • O espaço é pequeno, penso que uma criança maior, se não estiver junto dos monitores, nas atividades extras, se cansaria rápido. Mas para os pequenos é o ideal.
O ultimo que vistamos foi a Cia dos Bichos.
  • De todos, foi o que mais nos agradou. Pelo espaço e diversidade de atividades.
  • Um ambiente mais plano, fácil para desfilarmos com os menores de 3 anos.
  • Grande variedade de animais e a maioria são permitidas as entradas nas baias, com a presença dos monitores, para pegar, alimentar, acarinhar.
  • Perto de cada baia, possui um punhado de "matinho" para alimentarmos os animais.
  • Existe um berçário, super fofo, com todos os bebês que nasceram ou nascerão no espaço. Também é possível segura-los, mas com o cuidado de não estressa-los.
  • Possui uma Vila Caipira com todas as características uma vila interiorana. Uma delicia.
  • Monitores atenciosos.
  • Alimentação excelente, variada e voltada para a família.
  • Poucas arvores, o que num dia de sol, não tem muito pra onde fugir.
Recomendo levar o carrinho de bebê, pois ajuda em uma soneca e a carregar a tralha toda....kkkk
Bom, é isso, espero que gostem das dicas de passeios "alternativos".

Quem já foi, me diz a sua opinião sobre esses locais.

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha “Uma Mãe das Arábias”

Sites dos locais:

Dia Nacional do Livro Infantil

Vocês sabiam que hoje é o Dia Nacional do Livro Infantil? Então, mesmo com toda a correria que estamos aqui pra colocar nossa vida em ordem e estabelecer uma rotina, eu não poderia deixar que isso passasse em branco. Afinal, aqui é o não é o Entre Fraldas e Livros?

O dia de hoje foi escolhido para esta comemoração porque é o nascimento de Monteiro Lobato. Se ele ainda estivesse vivo, hoje estaria completando 129 anos. E sou suspeita pra falar, mas acho uma data muito bem escolhida, porque amo Monteiro Lobato. Li praticamente todos os seus livros e já comecei a apresentar o Vítor a esse mundo mágico também.

Vítor A-M-A ler, isso não é segredo. Claro que parte isso vem dele, parte vem do que ele vê em casa: uma mãe louca por livros, que devora tudo que cai na mão e que não pode passar em uma livraria sem levar algo pra casa. Alice também está indo pelo mesmo caminho e já tem seus livrinhos.

Então, como comemoração pelo dia de hoje, vou mostrar alguns dos livros que os dois mais gostam. E  dois deles (os com asteriscos) foram os que escolhemos para participar da Ciranda da Leitura Pequenos Leitores.

Vamos lá?

Vítor

Eu nunca vou comer um tomate (Lauren Child - Coleção Charlie e Lola - Editora Ática)

Charlie tem uma irmãzinha, a Lola. Às vezes, ele precisa cuidar do jantar dela. Isso não é nada mole, porque ela é muito enjoada para comer. Até que um dia ele arruma um jeito criativo de resolver o problema...






* Marcelo Marmelo Martelo (Ruth Rocha - Ed. Moderna)

Marcelo quer mudar os nomes das coisas. Gabriela não gosta de Teresinha, mas quer ser parecida com ela. Caloca tem uma bola, e por isso começa e acaba o jogo quando quer. Alguém já viu outras crianças parecidas com estas?





Alice

Tuco, o Caranguejo - Livro de Banho (Richard Powell - Coleção Criaturas Marinhas - Ed. Vale das Letras)

É um livro de banho divertido e colorido. Encaixe o caranguejo Tuco nos bolsos transparentes, e veja as cores mudarem.







* Bebê Mais - Cores (Ed. Caramelo)

É um livro interativo e divertido, elaborado carinhosamente para que as crianças desenvolvam o processo de aprendizagem com cores, figuras e muita diversão. Os livros interativos são importantíssimos no desenvolvimento emocional e intelectual infantil. Possui abas que estimulam a coordenação motora e surpreendem as crianças com imagens escondidas debaixo delas. Além de conhecer as cores, as crianças vão se divertir com os bichos.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

E vocês? Seus filhos gostam de ler? Qual o livro favorito deles?

Passeio com crianças - Jardim Botânico (Rio de Janeiro/RJ)

Hoje é a segunda edição do Passeio com crianças (único post que não falha nesse blog...rsrs) e estamos aterrisando no Rio de Janeiro/RJ e apresentando um lugar muito legal: o Jardim Botânico. E quem vai ser a nossa hostess é a queridissima Vanessa Ardisson, mãe do Enzo Ardisson, um menino lindo e super danado, que nem a minha Alice. Esses dois aprontam que é uma beleza!! :)

Deseja fazer um passeio diferente? Acha que cenas de crianças correndo por longos jardins e sorrindo é coisa de comercial de TV? Quer respirar ar puro, curtir a natureza, passar momentos calmos e alegres com sua família em total segurança? Fizemos um passeio assim e estamos aqui para recomendar: Jardim Botânico.

O passeio é bem acessível, você precisará apenas de bastante disposição para caminhar, já que o parque é grande.  A entrada custa apenas R$5,00 por pessoa e crianças com idade inferior a 7 anos não pagam.  Máquinas e celulares podem ser levados (Yes! Ainda existem lugares seguros no Rio), aliás, devem sem levados já que a paisagem predominantemente verde favorece belíssimos registros.

Como atrativo para o público infantil, o Jardim Botânico conta com um parque onde os pequenos podem se esbaldar. Na área do parque há fraldário, banheiro para a família e ainda um chuveirinho com água para limpar e ou refrescar as crianças. Ao lado do parque encontra-se o Café que oferece salgados, mini pizzas, sanduíches, bolos, picolés, água, sucos e refrigerantes para um lanchinho. Se você quiser pode levar tudo de casa e fazer seu piquenique (muitas famílias fazem!)

Dicas:

-Leve repelente para a pele delicada dos bebês, assim você evita uma pele toda pintadinha e mordida no dia seguinte. Pq né gente? Natureza, mosquitinhos, inevitável!

-Se você gosta de proteger bem seu filhote aconselho levar ainda protetor solar em dias de sol intenso. Nem todas as partes do parque possuem sombra.

-Água, bastante água pra hidratar a família. Afinal caminhadas e maratona com as crianças exige não?

Deixo com vocês algumas fotos da nosso passeio: 










Informações (Centro de Visitantes):
(21) 3874-1808

Site: http://www.jbrj.gov.br/index.html


------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Gostaram da dica? Então, se forem pra lá venham aqui nos contar o que acharam! E não se esqueçam de visitar também o blog da Nessa: Eu & Enzo

Passeio com crianças - Zoo Safari (São Paulo)

Hoje é a inauguração do "Dia do Passeio". E o primeiro post vai ser sobre um passeio legal aqui em São Paulo, o Zoo Safari. Mas quero colocar dicas de todo o País, então não esqueça de me mandar sua dica! (tatianalvr@gmail.com).

Plaquinha avisando que chegamos!

Pelo que entendi, antigamente existia no lugar o Simba Safári e, por algum motivo que não soube exatamente, o mesmo foi adquirido pelo governo e incorporado ao Zoológico da cidade. Então não sei como era antes (embora tenha visto algumas fotos de leões e girafas soltos e perto dos carros, coisa que não existe agora), esse post vai ser sobre como é agora.

A gente chegou por volta da hora do almoço, num dia nublado. Essa era a fila, mas andou rapidinho.
O passeio é feito por uma trilha no meio da Mata Atlântica, com nosso próprio carro, por cerca de 4 km. Os animais são encontrados dos dois lados da trilha, com placas de identificação de espécies. Muitos ficam soltos e cruzam as trilhas, na frente, em cima e atrás do seu carro. Desses, praticamente todos podem ser alimentados pelos visitantes (com a ração vendida pelo Zoo, por R$ 3,50 a caixinha), com exceção dos macacos. Quando se passa por essa área, há funcionários orientando os motoristas a fechar os vidros (pelo que entendi, eles são bem espertinhos e "assaltavam" os carros hehehe).

A animação do Vítor vendo a ema no carro da frente.

Eu e minhas unhas verdes alimentando a ema...hehehe

O Vítor adorou dar comida pros animais. E ainda riu porque ficamos com "baba de veado" nas mãos...kkk Alice também gostou e percebi que os animais para ela têm duas classificações: ou são cocó ou são au au. hehehehe

Ei, não enfia esse cabeção dentro do carro!! kkkkk

Não dá pra ver na foto, mas o Vítor tá alimentando o bichinho.

Fofinhos, né?
Aconselhamos que você passe antes na lanchonete e vá ao banheiro, porque o passeio dura em torno de 1 hora e no caminho não há nenhuma das duas opções. O fraldário é bem arrumadinho também, dá pra trocar a fralda dos pequenos tranquilamente. Outra dica é deixar a criança ficar no banco da frente, pra poder ver melhor. eu passei o Vítor (com booster e tudo...rs) pro meu banco e fiquei atrás com a Alice. Foi ótimo, porque ele tinha uma visão melhor dos bichos.

Lanchonete e lojinha (que não tem nada de interessante)

Fraldário legalzinho, gostei.

Acho que a Lhama tava de pandú cheio, nem veio comer conosco.

Olha a cara de alegria do Vítor!

O camelo (ou dromedário, sei lá, não contei as corcovas) também estava satisfeito e não veio almoçar.

Legal, né? Mas ele não fica solto não, tava atrás de uma tela..rs

Nós fomos num dia nublado e curtimos bastante. Algumas pessoas disseram que com sol forte pode ser meio incômodo e eu até imagino, já que não adianta ligar o ar condicionado (se você tiver, eu não tenho) e deixar as janelas abertas. E com janelas fechadas metade da graça do passeio vai embora. Não recomendo com chuva forte, também por causa das janelas.

As vans que também fazem o passeio



Agora a parte mais importante, o bolso: adultos e crianças acima de 12 anos pagam R$ 16,00; crianças entre 5 e 12 anos pagam R$ 6,00; crianças até 4 anos não pagam e idosos a partir de 60 anos pagam R$ 8,00. Se você não tem carro também pode fazer o passeio. Da estação Jabaquara saem micro-ônibus diretamente para o Zoológico e, de lá, saem vans especialmente para o Zoo Safari.

Serviço:

ZÔO SAFÁRI
Avenida do Cursino, 6338 – Vila Moraes – São Paulo – SP
Fone: (11) 6336-2131 / Fax: (11) 6336-2143
Horário de Funcionamento – 9:30 às 17:00 horas – de terça a domingo
Fechamento da bilheteria : 16:30 h
*Abre as Segundas-feiras somente quando for feriado ou véspera de feriado
http://www.zoologico.sp.gov.br/zoosafari/

Novidades na área - dica de passeios com crianças


Ontem, depois de um passeio muito legal que fiz com meus filhos, resolvi que ia começar a fazer uma "coluna" fixa aqui no blog sobre isso, compartilhando essas dicas com vocês. Mas aí fiquei pensando: mas vou fazer só de São Paulo? Então resolvi ampliar o leque de opções e abrir o espaço pros leitores também participarem!

Você tem um programa legal pra fazer com as crianças aí na sua cidade? Que tal compartilhar com outras mamães? Agora vocês têm um espaço pra isso, aqui no Entre Fraldas e Livros.

Toda quarta-feira vou publicar uma dica legal aqui. Se você quiser participar, bata mandar um e-mail para tatianalvr@gmail.com com o relato do seu passeio e fotos. Escolha apenas um ou dois locais, no máximo, pois a idéia é falar bastante sobre um passeio específico. Dê o máximo de detalhes que você puder, como preços, modos de chegar, se tem fraldário e locais para lanchar, por exemplo.

Aqui eu vou fazer classificações do tipo: Bom para dias chuvosos, Bom para dias ensolarados, Econômico, etc. Aceito sugestões também sobre isso!

E vamos passear com essas crianças!!

As prometidas fotos







Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires