Passeio com crianças - Carnaval na Serra Gaúcha


 Hoje o Entre Fraldas e Livros está aportando lá no Rio Grande do Sul. Você já pensou em passar o Carnaval no Rio Grande do Sul? Pois é, a nossa querida Sherol, do Bloguinho do Téo, veio mostrar pra vocês que isso pode ser muito legal! E confesso que me deu uma vontade louca de ir conhecer todos esses lugares!

Aliás, vale um comentário especial aqui: vocês vão ver no post e nas fotos que a Sherol, além de ser super simpática e animada, é muito linda, assim como o marido dela e o Téo. Gente, é uma família de modelos!!! :)

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nesse ano decidimos tirar umas "férias" durante o carnaval. Desde que o Teodoro nasceu não tínhamos conseguido passear muito, então aproveitamos a folia de Momo para subir a serra e curtir algumas paisagens mais bucólicas.

Passamos a sexta de carnaval em Canoas mesmo, curtindo os desfiles pela TV com a Vó Zilá e Cia. Sábado e domingo fomos a Osório dar uma forcinha pra Vó Marta demolir a casa velha, pra abrir espaço para um novo lar, e também prestigiar a escola de samba do Vô Hércio. Na segunda, um merecido descanso, principalmente para o Papai que esfolou as mãos de tanto dar marretadas nas paredes!

Então, na segunda acordamos (não muito cedo heheheh) e nos encaminhamos para a Rota do Sol, destino: Nova Prata.

A ideia era almoçar no restaurante Mirante da Serra, que fica em Veranópolis e depois fazer digestão nas águas termais do Parque Caldas de Prata. Como acordamos mais tarde do que o previsto, acabamos indo direto pro Parque e foi ótimo!!!



O parque tem piscinas externas e cobertas, a água chega a 41° mas é super agradável, a recomendação é de que pessoas com pressão baixa não fiquem muito tempo de molho, que façam paradas de 30min, dica que vale também para as crianças que correm o risco de desidratação.

Nós curtimos bastante!!!


Nesse mesmo dia passamos pelo restaurante Mascaron, que fica numa torre giratória de 80m de altura!! O restaurante só serve almoço, que nós perdemos, mas por R$ 5,00 é possível visitar o mirante.


Nosso dia terminou em Bento Gonçalves, dormimos na Pousada São Francisco, onde fomos atendidos pela Lúcia, um amor de pessoa!!


A pousada estava vazia, fomos os únicos hóspedes daquela noite. O local é bem agradável, limpo e organizado, próximo ao centro e o preço é bem acessível (pagamos R$ 100,00 pelo quarto casal com café). O Teodoro sempre ligado no 220 achou o quarto bem divertido, olha ele se escondendo no guarda-roupa!!!



Na terça, acordamos cedo e fomos passear de Maria Fumaça!!!


Tá bom... um retorno ao passado pode não interessar a todos, mas mesmo assim o passeio é ótimo! Na saída da estação de Bento somos recepcionados com música, vinho e suco de uva. Tem uma parada em Garibaldi onde nos é servido o filtrado doce da vinícola da região, a cidade é conhecida como capital do espumante. O passeio termina em Carlos Barbosa, terra da ACBF e da Tramontina (que aliás domina a paisagem!).



Um comentário necessário é que a organização do passeio é impecável! Todos os envolvidos (guias e etc) são muito educados e prestativos. MAS... um ponto fraco para as mamães: nenhuma das estações têm fraldário. Tive que trocar o Téo na pia na estação de Carlos Barbosa. Pra mim é tranquilo, nessas horas uso o sling para cobrir a área e pronto, mas sei de outras mães que não fariam isso de jeito nenhum. (eu, obviamente, deixei isso anotado no site da Giordani Turismo, operadora do passeio).


Durante a viagem acontecem algumas apresentações dentro dos vagões, a esquete do Grupo Teatral Orelhas de Abano, com o Piero e Elvira é excelente!!! Tem ainda um coral italiano, tarantela e música gauchesca. Olha só o Cristiano se esbaldando com uma "nona":


Mas o que fica é que o passeio foi realmente muito agradável, nos divertimos bastante e curtimos uma bela paisagem. Com muito suco de uva, é claro!!!



Nesse mesmo dia ainda voltamos a Veranópolis, pra almoçar no restaurante giratório!!!



Vou responder a pergunta número um de todo mundo: SIM! Dá pra sentir o troço girando! Mais do que sentir, da pra ver a mesa "trocando" de lugar, mas é algo bem sutil, não dá tontura nem nada, o legal é a paisagem ficar mudando a cada garfada ;-)

Bom amigos, #ficaadica : Carnaval na Serra Gaúcha é tudo de bom!!

;-)

Passeio com crianças - Estação Natureza - Rio de Janeiro

Hoje a nossa convidada especial é a Liane Giesel, uma amiga virtual muito querida, desde que nós duas estávamos com barrigão, esperando nossas caçulas. A Liane mora no Rio e vai nos contar sobre a Estação Natureza. E não esqueçam de visitar o blog dela, o Pra Recordar.

Um passeio bem legal para quem mora no Rio de Janeiro é conhecer a Estação Natureza que fica em Vargem Grande. O lugar é longe para quem vai do Centro. São quase 2 horas de carro! A fazendinha funciona das 10 às 17 horas.

A alimentação lá não é barata, mas você come a vontade e a comida é bem gostosa. A única coisa que me deixou "assustada" foi a quantidade de moscas. E na hora do almoço, a maioria dos animais também se alimenta, e nessa hora a fazenda meio que dá uma paradinha. O legal é que os bichos andam por entre as mesas. Eram patos e galinhas entre as pessoas. Interessante é que o convívio é bem natural e ninguém se estranhava.



O melhor desse passeio foi ver a interação e curiosidade das crianças em relação aos animais. Muitas não têm contato direto com bichos de fazenda, então é uma oportunidade para chegar perto de tucanos, coelhos, cavalos, porcos, jabuti e avestruz.




Minhas filhas adoraram alimentar os animais. Muitos ficam em gaiolas que você pode entrar. A comida é oferecida pela própria fazenda. 


Para crianças maiores a fazendinha é bem legal. Os pequenos aproveitam de outra forma. A Fernanda fará 2 anos e adorou correr atrás dos patos e colocá-los dentro do lago. Até tinha brinquedo pra Fernanda mas tinha muita criança maior do que ela e aí é preciso ficar de olho. A Clara tem 6 anos, e queria fazer o circuito de arvorismo, mas não tinha tamanho pra isso. O único que ela pode aproveitar foi a tirolesa.





Nós andamos muito a cavalo e de charrete. Muitas crianças vão sozinhas. O monitor vai puxando o cavalo e você dá duas voltas no circuito. 



É legal levar roupa de banho porque tem chuveirões e num dia de sol é bom ficar fresquinho.

 
Para outras informações tem o site www.estacaonatureza.com.br
A entrada custa R$ 40,00. Idosos e crianças até 2 anos não pagam.
Alimentação para crianças R$ 13,00 e adulto R$ 26,00.

A minha dica: Sempre aparece nesses sites de desconto entradas para fazendinha e a entrada sai quase pela metade.

Um dia memorável

Sabe quando a criança nasce e você compra aquele álbum/livro pra ir anotando tudo o que acontece? Eu fiz com o Vítor direitinho, mas com a Alice não tive mais tanta paciência. Até fiz um pouco, mas não tinha tanta informação, não era legal como o do Vítor era - e nunca mais achei igual ao do Vítor.



Até que, há umas duas semanas, ganhamos um presente MUITO legal! É um livro chamado Um Dia Memorável. Funciona assim: você encomenda o livro (só vale para nascidos a partir do ano 2000) e ele vem com todos os acontecimentos marcantes que ocorreram no dia do seu nascimento: quem importante nasceu no mesmo dia, quais os fatos históricos (do mesmo ano e de anos diferentes), reproduções de capas de jornais do dia, quais eram os programas de tv mais assistidos, quais filmes ganharam o Oscar naquele ano, como estava o tempo... nossa, tanta informação que não consigo nem falar tudo aqui. Claro que também tem a parte personalizada, com dados como peso, altura, hospital, cidade... até um resumo do mapa astral!


O Vítor A-M-O-U o livro, com todas as forças. Leu, releu, trocou a nota de 1 real de mentirinha que vem lá por uma de dois reais (não achamos mais de um) e agora tá querendo levar pra escola pra mostrar pra professora, porque nas aulas de história ele está aprendendo sobre a história dele, muito legal.

Como a Alice ainda não entende, o dela eu achei melhor guardar, né? Até porque ela anda numa fase ótima para arrancar umas páginas e almoçá-las, melhor deixar longe por enquanto...rs


E como esse presente foi realmente especial, resolvi fazer uma entrevista com o autor dos livros, o médico homeopata Flávio Orsini, que mora na Pompéia, em São Paulo. O dr. Orsini não é casado e nem tem filhos, talvez até porque essa seja uma profissão que consome muito a pessoa. Como ele mesmo diz, para realmente levar a sério família e medicina tem que ser artista. Vamos saber um pouco mais sobre ele e os livros?

- Esse livro surgiu da necessidade de presentear uma criança que "já tem tudo". Mas por que exatamente um livro? Como surgiu esta idéia?

Exatamente. Foi através de uma busca de um presente original que eu queria dar a uma criança que havia nascido e era filha de amigos. Dar presentes originais sempre foi uma maneira minha de presentear. Na época do presente eu só encontrava coisas como mamadeira, patinho para banheirinha, macacãozinho, chapeuzinho, os malditos ursinhos de pelúcia, travesseirinho perfumados e um monte de bobagens que eu não dei atenção. Foi aí que pensei: puxa vida, um dia tão importante que é o dia da chegada ao mundo, merece uma coisa especial. Até aí nada de livro. Com o tempo surgiu a idéia de apresentar o mundo á criança. Mais ou menos assim: seja bem vindo, o mundo é assim e a forma de apresentar foi através do livro.


- Qual foi a reação deste primeiro presenteado?

Para dizer a verdade ele era tão mal feito que os pais falaram que era legal por educação, mas a idéia era original.

- Quantas crianças já receberam os livros até hoje?

Mais de 4 mil. No começo pensei em vender só em São Paulo, mas hoje vem pedidos do mundo inteiro. Itália, Alemanha, Argentina, Austrália, Inglaterra, Estados Unidos, Noruega, até para Dubai eu fiz livro, mas claro, são poucos e não gosto muito de fazer pois dão muito trabalho e os dados muitas vezes a gente não tem como conseguir. Dá para imaginar quanto custa um onibus na Noruega, ou o que tocava no rádio ou o que passa na televisão? Normalmente os livros são para casais que estão temporariamente fora e querem que os filhos tenham o vínculo com o Brasil.


- Para você, qual o objetivo que o livro tenta alcançar junto às crianças e aos pais?

Quem apresenta o mundo para a criança são pais. Eles é que trouxeram a criança e então dizem " Olha como é hoje e conte a seu filho amanhã". Se você perguntar a um adulto quem era o presidente quando ele nasceu (olha que é uma pergunta grosseira, não estou perguntando o que passava na televisão ou o que tocava no rádio ou quanto custava um litro de leite) você pode ter certeza, quase 100% não sabe. Tatiana, você sabe quem era o presidente quando você nasceu? [Ele está certo, não faço a menor idéia. Acho que vou ali perguntar ao meu amigo Google...rs]
- Qual o critério utilizado para a escolha dos fatos históricos citados no livro?
Como a data é de alegria, nunca coloco coisas tristes, desgraça ou coisa parecida. Por exemplo, não coloco o dia da morte do Senna, mas tem a data do nascimento dele. Também não coloco data de nascimento de pessoas como Hitler, Stalin, Menguele ou outros que nada trouxeram de bom para a humanidade. Ninguém gosta de falar que nasceu no mesmo dia do Bin Laden. Gosto de colocar pessoas as quais o dono do livro possa comentar com os outros. Eu nasci no mesmo dia do Charlie Chaplin ou do Ronaldo fenômeno ou do Brad Pitt. É curioso também colocar nomes de pessoas que são desconhecidas. Fulano de tal, inventor do zíper, beltrano, atravessou a nado o Canal da Mancha por baixo d'água, Zé de tal, inventou o chiclete e assim vai.  O único fato histórico e triste que apareceu foi o atentado de 11 de setembro, mas só ele e não tem como deixar de fora.

- Como é feita a pesquisa?

Você não vai acreditar. No começo não havia internet. Era tudo braçal. Para você ter uma idéia, só no banco de dados da Folha de São Paulo eu li 120.000 biografias, pois precisava de pessoas nascidas nos 365 dias do ano, inclusive 29 de fevereiro. Depois foi dicionário biográficos (inteiros) enciclopédias (inteiras) e assim foi a busca pelas informações, que permanece até hoje, mas bem menos.

- Tem algum recado ou mensagem que queira passar para os leitores do Entre Fraldas e Livros?
Comprem o livro ele é bárbaro. Verdade. Nunca ninguém disse que não compraria. No começo quando eu mostrava para as pessoas eu dizia assim: Eu quero que você não compre, o que eu quero é que você me dê motivos para não comprar. Só assim eu poderei melhorar o livro.

E eu preciso concordar com ele: o livro é bárbaro!

P.S.: Que vergonha, esqueci de dizer onde o livro pode ser encontrado!! rs Todas as informações sobre o livrinho estão no site www.memoravel.com.br

Passeio com crianças - Cinco cidades ótimas para passar as férias de julho com seus filhos

Hoje quem está fazendo sua participação especial aqui é a Anabela, do site Fala Turista. E vamos combinar, ninguém melhor para dar dicas de viagens do que alguém que tem um site só sobre isso, não é? E como o frio está chegando, acho que todas vocês vão se esbaldar nessas dicas aí de baixo!

Os dias mais frios do ano estão cada vez mais próximos e, com eles, as férias escolares de julho! Você já pensou em tirar alguns dias de folga no trabalho para relaxar e curtir seus filhos? Durante esse período, nada melhor do que uma boa viagem que nos proporciona descanso, lazer e diversão. E aí, já escolheu o destino? Que tal algumas dicas?

Curitiba/PR

Se você procura boa infra-estrutura e intensa programação cultural aliadas a muito lazer e diversão, a capital paranaense é o local ideal para sua viagem de inverno, entretanto, prepare os agasalhos, pois a capital faz jus ao título de uma das cidades mais frias do Brasil. Durante o mês de julho, a temperatura pode chegar facilmente a 0° ou menos; alguns hotéis em Curitiba são equipados com aquecedores, se você e seus filhos não estiverem acostumados a baixas temperaturas, procure um deles.  Agora vamos aos passeios! A cidade oferece uma grande infinidade de oportunidades para diversão, são aproximadamente 30 parques urbanos com uma extensa área verde, playgrounds e outras atividades. Destacamos o Bosque do Alemão, localizado no bairro Bela Vista. Lá, as crianças podem se divertir fazendo a trilha João e Maria, uma reprodução do famoso conto dos irmãos Grimm.




Poços de Caldas/MG

A região que abrigava um vulcão a milhares de anos atrás hoje é uma das cidades mais aconchegantes de Minas Gerais, as águas ricas em enxofre que borbulham no solo e as diversas montanhas fizeram de Poços de Calda uma cidade verdadeiramente irresistível. A estação mais fria do ano é a alta temporada da cidade, os hotéis ficam cheios e as temperaturas podem chegar até a -2C°; as crianças podem se divertir com a programação intensa voltada para o folclore durante esse período. Diversas feirinhas de artesanato acontecem aos domingos e sempre estão regadas de muitas delícias da culinária mineira. Entre os diversos passeios disponíveis em Poços de Caldas, o mais famoso é o bondinho que leva os turistas ao topo da Serra São Domingos, chegando lá em cima, a vista fica dividida entre a réplica do Cristo Redentor e um Aquário repleto de peixes.




 
Campos do Jordão/SP


Localizado no alto da Serra da Mantiqueira, Campos do Jordão é uma das cidades mais badaladas durante o inverno no Brasil. Diversas pousadas, hotéis, bares, restaurantes e uma programação cultural intensa atraem milhares de turistas durante a estação mais fria do ano. As crianças vão adorar a estação de esqui artificial, que funciona somente durante os meses de junho e julho. Assim como Poços de Caldas, Campos do Jordão também possui seu teleférico, que leva os turistas até ao alto do Morro do Elefante, onde é possível se ter uma vista panorâmica da cidade.



Gramado/RS

A cidade de Gramado, localizada na serra do Rio Grande do Sul, certamente vai encantar você e seus filhos. A cidade reúne diversas casinhas no estilo enxaimel, além de ruas limpas, jardineiras cobertas por belas hortênsias e florestas repletas de pinheiros e araucária, ou seja, cenário típico dos contos de fadas. Além dos passeios comuns a qualquer cidade turística, Gramado tem um atrativo a mais que certamente irá fazer a cabeça das crianças, ou melhor, o estômago: são as tradicionais lojinhas de chocolate espalhadas pela cidade. Entre elas, as mais populares são: Caracol, Planalto, Lugano, Florybal e Prawer.



Fortaleza/CE

Certamente, agora você deve estar se perguntando: o que Fortaleza está fazendo entre as cidades indicadas para as férias de inverno? Pois já vamos explicar! Muitas pessoas não gostam nem um pouco dessa estação e sentem verdadeiros calafrios só de pensar em cachecóis, blusas de lãs e luvas. Então, Fortaleza é ideal pra quem pretende fugir do frio durante o mês de julho. A cidade apresenta uma temperatura estável durante praticamente o ano inteiro; se você quer curtir sol e mar durante esse período, Fortaleza é o local! São muitas as atrações na capital cearense, porém, a que mais atrai crianças é o Beach Park, um dos maiores parques aquáticos da América Latina.



Fotos retiradas do Google.

Ausência e post do dia das mães

Essa semana fiquei em falta com vocês, com o post da quarta-feira, do passeio com as crianças. Mas acontece que continuo sem internet em casa (alô Telefônica, até parece que vocês tão me fazendo algum favor, né??) e Alice ficou doentinha, com infecção no ouvido e conjuntivite (embora eu tenha minhas sérias dúvidas se foi mesmo). Então já viram, né? Tive que ficar em casa, trabalhando pelo celular e correndo aqui pra Mulher & Mãe no final do dia, quando o Gustavo chegava em casa. Mas semana que vem ela poderá voltar pra creche (já que está super animadinha).

Como eu não vou ter tempo de fazer um post pro dia das mães, vou deixar vocês com o post que fiz no blog da Mulher & Mãe. É uma coisa meio maluca, falar de pais no dia das mães. Mas leiam, vocês verão que faz todo o sentido do mundo. Afinal, quem não quer de presente de dia das mães um mundo cheio de homens participativos, praticantes da paternidade consciente? Então cliquem aqui para ler o post que fiz.

(Um comentário extra: meu pai ligou e eu pedi que ele fosse lá ler o post. Ele me ligou de volta dizendo que no dia do meu casamento, quando fiz uma apresentação em homenagem a ele, conseguiu se controlar e não chorou. Mas que ao ler o post não conseguiu, passaram muitas imagens e recordações na cabeça dele. Vale dizer que quando escrevi eu também chorei, né? rs)

Um dia (muito gostoso) na Natura

A Rede Mulher & Mãe apresentou, nesta última sexta-feira (29/04), a página da Natura Mamãe e Bebê em sua rede social a um seleto grupo de blogueiras. Apesar de que eu trabalho lá, fui também representando o Entre Fraldas e Livros, porque claro que não podia perder a chance de contar pra vocês, do meu ponto de vista, como são as coisas por lá.

Eu já tinha ouvido falar um bocado da sede da Natura. Mas acho que só quem vai lá consegue entender o que tanto tem pra falar. É uma arquitetura meio futurista, me sinto num filme sobre o futuro, um barato. Tudo muito bonito e com muito verde também. Adorei a sala de reunião, com vista para a mata. 

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: divulgação
Primeiro tivemos um café da manhã delicioso, o que foi ótimo porque eu tinha comido qualquer coisa cedinho, na hora de mandar as crianças pra escola. E logo depois tivemos um bate papo com a Kika (da Natura Mamãe e Bebê), com a Calu (minha chefinha da Mulher & Mãe), com a Glau (que fará a página da MMBB na Mulher e Mãe) e com o presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, doutor Fernando Nóbrega, que falou pra gente sobre vínculo.

Aliás, que papo maravilhoso! Impressionante saber que muitas mães não possuem vínculos com seus filhos e que isso pode ser causado por diversos motivos: relacionamento ruim com os pais, problemas na gestação ou com a criança, falta de apoio... Até alivia saber que eu tenho um super vínculo com os dois, que sou até bem engajada nessa parte de pesquisar o que não sei pra dar a eles a melhor mãe que eu puder ser. Mesmo assim, depois dos vídeos lindos que passaram lá, fiquei louca pra voltar pra casa e ficar bem agarradinha com os dois. Aliás, rolou um papo de contar alguma situação que demonstrasse o vínculo com seus filhos, mas não deu tempo de todo mundo falar e eu fiquei com uma cena na cabeça, vou contar aqui. A Alice, quando está com sono ou querendo aconchego, no nosso colo, fica repetindo: pé, pé. Quem não conhece fica sem entender. Mas é que ela quer que a gente faça carinho/massagem no pé dela, enquanto a acalentamos. Quer demonstração de vínculo mais linda?

Linha de produtos Mamãe e Bebê
Tomando café com outras mamães blogueiras.

Depois do papo, que pra mim foi muito rápido (o tempo voou, nem vi passar!!!), almoçamos e fomos dar uma volta pela fábrica da Natura. Começando pela creche deles que abriga crianças a partir de 4 meses, até 4 anos. No dia em que a Calu cansar de mim e me mandar embora, vou bater lá na porta da Natura...rs Também conhecemos a linha de produção e ficamos impressionadas com a organização das coisas. Teve mãe/blogueira pedindo pra Natura ensinar essa organização pro Submarino! hahahahahaha

Linha de montagem da Natura
  
Vontade de entrar lá e não sair mais...rs

Mamães blogueiras observando também.

O grand finale do passeio foi a loja da Natura para colaboradores. Sonho de consumo aquilo ali, dá pra experimentar tudo, cheirar tudo, passar tudo... o que tinha de mãe querendo morar lá não tá no gibi! kkkkk Mas como ganhamos uma mala I-M-E-N-S-A e linda da Natura, cheia de coisinhas da Mamãe e Bebê, nem saimos de lá tristes! rsrs



E agora uma foto de toda a bela mulherada junta, mal conseguindo esconder as malas! rs

Todas lindas em suas roupas de inverno (e fez o maior calor hehehe)
Agora vem um parenteses. Eu fiquei muito feliz em encontrar um monte de gente legal, muitas que eu leio sempre o blog, outras com as quais eu converso pelo twitter. Mas tem uma pessoa muito especial pra mim que eu finalmente vi o rosto e pude dar um abraço de verdade. É a Bia Francisco, do Desperate Housewives. Eu e a Bia nos seguimos no twitter desde a época em que eu estava grávida da Alice, desde os tempos de turma da barriga (coisa aliás que ela não tem hahahaha). Uma pessoa que eu admiro muito, porque tem 4 filhos (homens, sim, todos. Tem como não admirar uma pessoa que convive diariamente com 5 homens e não enlouquece?), é super culta, inteligente e bem humorada, cuida da casa com maestria de quem é diretora executiva de uma empresa. E ainda tem uma palavra de carinho quando você precisa. Não dá pra não amar, gente! Então tem um monte de fotos só com ela, porque ela merece:

Um abraço bem apertado, pra matar a "saudade".

Eu, Bia, Calu e Glau, todas lindas e sorridentes.

Pode contar que as mãos da Calu cairam depois dessa foto, do tanto que ela odeia coração "cas mão". Mas pela Bia ela faz! hahahaha
Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires