Em busca de um novo amigo canino

Hoje faz duas semanas que o Sirius morreu*. Até agora eu só fui lá na parte em que ele ficava duas vezes e nenhuma no cantinho dele. Não estou evitando, mas também ainda não sinto vontade. O Vítor está super bem, mas pressionando horrores pra gente ter logo outro cachorro. Passamos por uma feirinha de adoção no último domingo e ele gamou em dois, foi dureza fazer com que ele entendesse que a gente não podia escolher um cachorro sem conversar com o Gustavo antes. De qualquer modo, nenhum dos cachorros que eu vi lá me "ganharam" de primeira, como o Sirius tinha feito.

Aí, quando cheguei em casa, já conversei logo com ele, pra esclarecer o que ele "quer" em um cachorro. Assim fica mais fácil pra todo mundo e eu não fico dependendo que ele esteja com a gente na hora que aparecer um possível candidato.O Gustavo não gosta muito de cachorro. Mas disse que não se importa que a gente tenha, porque eu e Vítor gostamos. Por mim e pelo Vítor, pode ser vira lata mesmo, a gente não faz distinção. Gu acha vira lata feio (e algumas raças também), então fomos juntando os pontos até decidirmos que uma boa opção seria um labrador.

De qualquer modo, não é uma busca muito fácil. Não pode ser um cachorro muito caro, visto que ainda não estamos totalmente recuperados financeiramente, agora é que estamos começando a nos estruturar novamente. Sem contar que eu acho inaceitável pagar 1.000 reais por um filhote. Nesse caso, o labrador sai ganhando, porque achei alguns bem em conta. Outro ponto é que não posso pegar um filhotico, muito pequenininho. Por não sabermos exatamente o que o Sirius teve (pode ter sido cinomose), o ideal é pegar um cachorro que já tenha tomado as 3 doses da vacina e já tenha contato com outros animais, ido à rua e tal. E nisso os cães de adoção saem perdendo porque a maior parte deles foi vacinado com vacinas nacionais e todos os veterinários que cuidaram do Sirius falaram que não recomendam essas vacinas, que consideram o mesmo que dar água.

As outras características são por minha conta mesmo. Eu amo cachorro grande e nunca tive espaço pra ter um. Agora posso, então é claro que eu quero! Não faço questão da cor, mas se for preto vai ser Sirius Black II. Ainda não pensei em nomes alternativos, se for de outra cor ou se for fêmea (aceito sugestões bem criativas), mas o Vítor já andou dizendo que gostaria de Lupin. E em breve vou querer também um gato, sinto muita saudade dos meus que ficaram em Brasília e ainda ajudo a resolver o problema da aparição de uns ratos vindos de um "cortiço" perto da minha casa.

O que vocês acham? Também gostam de animais? Quais as raças (ou preferem adotar um SRD)? Têm sugestões de nomes criativos?

* Para saber mais da história do Sirius, leia a parte I, a parte II e a parte III.

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires