Minhas descobertas em educação dos filhos

Dizem que filho é igual a videogame: quando você passa de uma fase, vem outra mais difícil. Eu tenho que concordar, porque definitivamente ser mãe não é nada nada fácil. Atualmente eu ando tendo MUITA experiência com crianças de idades bem próximas à idade do Vítor e isso tem sido extremamente educativo para mim. Porque, apesar das diferenças de personalidade, sociais e até econômicas que obviamente existe entre cada um deles, há muitas coisas em comum que eu, mãe sem nenhuma especialização acadêmica em educação (só prática rsrs), estou classificando como sendo "da fase".


Isso me ajudou muito porque, cada vez que o Vítor me aprontava uma, eu dava um castigo DAQUELES. Agora, vendo que (sendo bem clichê) eles são todos iguais, o castigo deu uma diminuída. Claro que ainda acho que é preciso dar bronca e corrigir, mas estou maneirando o tamanho disso, porque descobri que não é um problema de comportamento, caráter ou personalidade. E isso tornou minha vida um pouco mais leve. Afinal, ficar dando bronca em criança o tempo todo acaba desgastando a gente "por demais", não é verdade?

Alice fazendo igualzinho o irmão fazia.
E parece que com o filho mais velho é sempre pior, sempre mais complicado. Acho que, como enfrentamos as crises pela primeira vez, tudo parece maior e mais complicado. Um amigo me disse uma vez que filho mais novo sofre porque nada que ele faça será novidade para os pais. Eu fiquei pensando sobre isso e pensei que filho mais novo tem vantagens e desvantagens. A desvantagem é justamente essa, nada será tão comemorado, porque o mais velho já fez antes (se bem que com a grande diferença que existe entre o Vítor e a Alice, tudo quase é novidade, porque eu já não lembro quando aconteceu cada coisa rsrs). Mas a vantagem é que eles ganham pais mais "leves", porque os pais também já passaram pelas mesmas fases e sabem como acertar na mosca e resolver o problema. Claro que a "mosca" varia de criança para criança, mas a maior parte das crises acaba sendo parecida para a maior parte delas, então, de qualquer modo, isso dá aos pais maior tranquilidade para lidar com os filhos mais novos.

E vocês, o que acham? Já sentiram esses pontos em comum entre crianças de idade parecida? E os que têm mais de um filho também sentem essa "leveza"? 

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires