Viajando de carro com crianças - São Paulo/SP a Juiz de Fora/MG


Essa viagem eu já fiz algumas vezes depois que vim morar em São Paulo, em 2010, já que tenho família em Juiz de Fora. Engraçado que, todas as vezes que fiz essa viagem, fiz sozinha com as crianças, o Gustavo nunca fez esse trecho conosco.

Existem três roteiros diferentes para fazer esta viagem:

- pela Fernão Dias até Pouso Alegre e, logo depois, pegando a BR 267 (link do Google Maps aqui)
- pela Dutra (ou Ayrton Senna e Dutra) até Volta Redonda, BR 393, Estrada de Ipabas e BR 040 (link do Google Maps aqui)
- pela Dutra (ou Ayrton Senna e Dutra) até Volta Redonda, BR 393 e BR 040 (link do Google Maps aqui)

Até hoje eu só fiz o último roteiro, mas ando com vontade de testar os outros. Já explico o motivo...

Bem, a primeira parte da viagem é moleza. Vou pela Ayrton Senna/Carvalho Pinto até Taubaté. A estrada é ótima, sem buracos e com poucos caminhões. Só fique ligado que tem poucos pontos de parada e de abastecimento. Uma vez fiquei com medo de entrar na reserva e tive que entrar em uma cidade para achar um posto. De Taubaté até a divisa com o RJ o trânsito aumenta um pouco, porque a Dutra tem menos faixas e mais caminhões, mas também não tem grandes complicações. Perto da divisa tem um Graal novo, o Alemão. Já parei nele algumas vezes e gostei, embora ainda estivesse sofrendo modificações para se adaptar o padrão da rede. Dessa vez andamos um pouco mais e paramos no Graal Embaixador, em Resende/RJ. Me perdi um pouco na entrada, que é meio complicada, mas beleza. Para quem tem criança é ótimo. Tem cadeirinhas, carrinho de bebê, fraldário, berço e brinquedoteca.

Itens disponíveis para as mamães no Graal Imperador, em Resende/RJ
A segunda parte da viagem é justamente a que eu não gosto e é o motivo pelo qual quero testar outras alternativas. Sinceramente, eu ODEIO a Rodovia dos Metalúgicos. Pista simples, com trechos imensos onde é proibido ultrapassar e um monte de caminhões. Haja paciência para se arrastar a 60 km/h atrás de caminhão velho. Sem contar com as obras, que estão deixando vários trechos em sistema de meia pista (os carros param e ficam esperando os que estão em sentindo contrário passarem. Aí o operário da obra libera o nosso lado e o outro fica esperando passar). Isso atrasa bastante a viagem. Sem contar que os pontos de parada são meio fajutos e há grandes trechos sem nada. Evite passar por lá a noite. (Ah! A estrada é privatizada e tem pedágios)

Por várias vezes paramos em meia pista, o que atrasou bastante a viagem.
A terceira parte da viagem é moleza, a BR 040. Duplicada e com asfalto bom, seu único defeito é ter poucos pontos de parada. Eu geralmente pego esse ponto já de noite e com as crianças dormindo, então eles só acordam em JF e ficam super felizes...rs

Em breve volto para contar os trechos de Juiz de Fora a Brasília e de Brasília a São Paulo.


0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires