Por que não agimos nas redes sociais da mesma forma que agimos na vida real?


No meu condomínio tem um morador que transformou sua garagem numa varanda. Eu não concordo com ele, pois todas as fachadas das casas deveriam ser iguais e isso modifica a fachada da casa dele. Mas eu não fui lá bater na porta dele reclamar, não fui lá com o pé no peito, não disse a ele palavras agressivas. Eu simplesmente acho não tenho nada com isso e que, se o síndico perguntar a minha opinião, eu darei. Isso não me faz não ter opinião, isso não me torna omissa, isso simplesmente se chama educação.

Bem, mas as pessoas não costumam pensar assim quando estão na internet. Elas vêem uma postagem sua e acreditam que por ser uma postagem pública, elas têm o direito de expor grosseiramente suas opiniões contrárias. Veja bem, a varanda/garagem do meu vizinho também está do lado de fora, eu poderia dizer que se ele colocou lá para todos verem eu tenho o direito de opinar, não é verdade? Mas não, eu não tenho (pelo menos não grosseiramente). Se você tem uma opinião contrária à opinião de quem fez a postagem, você tem o direito de comentar educadamente o que você acha (ficar na sua também é uma opção...rs). Pode ser que a pessoa que postou não seja do tipo educada ou receptiva a comentários contrários, mas você fez a sua parte. Mas eu sinceramente acredito que quem chega em post alheio causando quer aparecer. Assim como os que querem te obrigar a aceitar a opinião deles e desistem de conversar quando não conseguem.

Algumas pessoas acham que, por estar atrás do celular, por não estar vendo quem está do outro lado, pode-se falar o que quiser, do jeito que quiser. Ainda mais porque muitos acham que sabem tudo da sua vida porque te seguem no Facebook ou no Instagram. Então, se eu sigo você nas redes sociais e "conheço tudo" da sua vida, então eu tenho todo o direito de dar pitaco do jeito que eu quiser, não é verdade? Gente, pode até parecer, mas internet não é terra de ninguém. Precisamos urgentemente aprender a agir nas redes sociais da mesma forma que agimos face a face. Da mesma forma que eu não vou lá ser grosseira com o meu vizinho, eu também não devo ser grosseira com as pessoas nas redes sociais. É uma equação simples, basta apenas aplicar.
Related Posts with Thumbnails
 

Entre Fraldas e Livros Copyright © 2015 | Tema por Girly Blogger Template | Ilustração por Anne Pires